Preventing Microsoft Windows Server Installation Errors on Servers

What do you need to know to support and manage your company and / or customer server environment with excellence?
I will relate the basics that everyone who manages network servers, have to know, to avoid stress, when machines decide to stop working, whether in the local computer network or wireless network, your company and / or your client.

1º) You must know the technical specification of the machine network server

– ie: have to know the type of motherboard, who is the manufacturer and model
– ie: you have to know the type of processor who is the manufacturer and the model
– ie: you have to know if the processor is Dual Core or Quad Core or Octa Core

2º) You have to know which is the operating system that will be used in the network server machine
– that is: you must know how to identify whether the operating system you will be using is 32-bit (x86) or 64-bit (x64)
– the Microsoft Windows Server operating system is 64 bits since the 2008 version
– being the Linux operating system, it exists in 32-bit and 64-bit versions.

3º) You must know how to identify which database you will use on this server
– Microsoft SQL Server 2016 requires as minimum configuration that the motherboard is compatible with the Intel XEON Quad Core = 4-core processor.
4º) You must know how to identify which software will be used (32 bit or 64 bit version)
– remembering that the 32-bit (x86) operating system does not support 64-bit (x64) applications.
– remembering that drivers made for the 32-bit (x86) operating system do not work on 64-bit (x64).

5) When installing the operating system, the computer-name must be different from the machine-DNS-name and must be different from the working-group-name.

– remembering that there can be no duplicity of machine name, nor duplicity of IP addressing, within the same local computer network or wireless network. When there is duplicity of machine-name or duplicity of IP addressing, something always stops working on the network.
In 2016, I’ve discussed this topic in some texts within the Microsoft TechNet Forum a few months ago.
By Ana Mercedes Gauna (08/30/2016)
Senior Systems Analyst | Project Management | MCSE | CCNA2
CRA-RJ: 03-03161 | ABRAWEB: 66132 | ABRACEM: Q27795

Evitando erros de instalação do Microsoft Windows Server em Servidores

O que você precisa saber para dar suporte e administrar com excelência o ambiente de servidores da sua empresa e/ou cliente?
Vou relacionar o básico que todos que administram servidores de rede, tem que saber, para evitar stress, quando máquinas decidem parar de funcionar, seja na rede de computador local ou rede wireless, da sua empresa e/ou do seu cliente.

1º)  Tem que saber a especificação técnica da máquina servidor de rede
– ou seja: tem que saber o tipo de motherboard, quem é o fabricante e modelo
– ou seja: tem que saber o tipo de processador quem é o fabricante e o modelo
– ou seja: tem que saber identificar se o processador é Dual Core ou Quad Core ou Octa Core
2º) Tem que saber qual é o sistema operacional que será utilizado na máquina servidor de rede
– ou seja: tem que saber identificar se o sistema operacional que usará é 32 bits (x86) ou 64 bits (x64)
– sendo que o sistema operacional Microsoft Windows Server é 64 bits desde a versão 2008
– sendo que o sistema operacional Linux, ele existe nas versões de 32 bits e 64 bits.

3º) Tem que saber identificar qual é o banco de dados que irá usar nesse servidor
– sendo que o Microsoft SQL Server 2016 requer como configuração mínima que a motherboard seja compatível com o processador Intel XEON Quad Core = processador com 4 núcleos.

4º) Tem que saber identificar qual é o software que será utilizado (versão 32 bits ou 64 bits)
– lembrando que o sistema operacional de 32 bits (x86) não dá suporte a aplicativos de 64 bits (x64).
– lembrando que drivers feitos para o sistema operacional 32 bits (x86) não funcionam em 64 bits (x64).

5º) Ao instalar o sistema operacional, o nome-do-computador tem que ser diferente do nome-máquina-DNS e tem que ser diferente do nome-grupo-de-trabalho.
– lembrando que não pode existir duplicidade de nome-máquina, nem duplicidade de endereçamento IP, dentro de uma mesma rede de computadores local ou rede wireless.  Quando existe duplicidade de nome-máquina ou duplicidade de endereçamento IP, algo sempre para de funcionar na rede.

Em 2016, eu já comentei esse assunto em alguns textos dentro do Fórum Microsoft TechNet, há alguns meses atrás.

HTML com UTF-8-pt-br (CGI-Bin)

cgi-bin-paginacao

Um servidor com o Microsoft Windows Server e o IIS (Internet Information Services) instalado, nele vem como padrão de instalação reconhecer o texto do HTML no idioma inglês.

Recentemente, tive problemas de meu código HTML parar de reconhecer os acentos utilizados do idioma português-brasileiro.  Tentei de tudo, e nada fazia os acentos voltar a funcionar. Pesquisei em dois livros velhos de HTML da década de 80, e lá tinha um capitulo falando de CGI, então eu resolvi fazer um arquivo CGI para testar, e funcionou, a acentuação das palavras voltaram a funcionar perfeito novamente no HTML.

Caso algum de vocês passem pelo mesmo problema que eu, podem testar esta solução.

HTML-UTF8-CGI-BIN
Esse arquivo paginacao.cgi tem que ser feito o upload para dentro do servidor web.

Criei um arquivo CGI-Bin chamado paginacao.cgi com o seguinte conteúdo abaixo, ele funcionou perfeito:

#! / Bin / sh
Content-type: text / html
Language: pt-br
Charset: UTF-8-pt-br
==========================================================
Translation (portuguese to english):
A server that has Microsoft Windows Server and Internet Information Services (IIS) installed, it is by default that the installation recognizes English-language HTML text.
I recently had problems with my HTML code failing to recognize the accents used in the Portuguese-Brazilian language. I tried everything, and nothing made the accents work again. I researched two old HTML books from the 80’s, and there was a chapter talking about CGI, so I decided to make a CGI file to test, and it worked, the accentuation of the words came back perfect working again in HTML.
If any of you go through the same problem as me, you can test this solution.
HTML-UTF8-CGI-BIN
This paginacao.cgi file has to be uploaded to the web server.
I created a CGI-Bin file called paginacao.cgi with the following content below, it worked perfect:
#! / Bin / sh
Content-type: text / html
Language: pt-br
Charset: UTF-8-pt-br
==========================================================
=========================================================
Por Ana Mercedes Gauna (18/04/2017)
Senior Business Systems Analyst
CRA-RJ: 03-03161 | ABRAWEB: 66132
MCSE: 098-02070 Partner: 4935985
Twitter: @amgauna @AnaGaunaTech

IoT – Do you know how it works?

IoT – Vocês sabem como funcionam?

O IoT (Internet Of Things) em textos que eu li na internet em 2013/2014 se referiam ao IoT coo sendo a internet dos pensamentos.  Os anos passaram, depois que esses pensamentos se tornaram realidade, a partir de 2015 os textos que eu leio (já tem algum tempo) que referem ao IoT como sendo a internet das coisas.

Mas o que são essas coisas? Eu fiquei curiosa e resolvi analisar melhor os textos que eu lia relativo a esse assunto do IoT (Internet Of Things). E achei um ponto em comum com algo que eu conheço bem: a conexão login (usuário mais senha) em equipamentos.

Em 2000 eu estudei redes de computadores quando eu fiz o curso completo de MCSE Microsoft Windows Server + TCP/IP + MCDBA Microsoft Windows SQL Server. Nessa época eu trabalhava no Edifício Centro Candido Mendes, e o meu ex-patrão me pagou esse curso completo para eu poder trabalhar utilizando um servidor com o Microsoft Windows Server, junto  com o servidor de banco de dados Microsoft SQL Server, junto com o sistema ERP RM Corpore (Sistema de Contabilidade e Folha de Pagamento).

Em 2008 eu estudei redes de computadores novamente, quando eu fiz o curso online na Cisco CCNA1 e CCNA2 Router.  Estou pensando em novamente fazer outro curso Cisco de atualização em redes de computadores, dessa vez em rede wireless, brevemente. Por enquanto não sei quando, porque estou desempregada desde novembro/2014…

Mas, vamos continuar…

O que é esses objetos IoT?  Vocês usam ele diariamente, mas sabem o que é?

São exemplos de objetos IoT: celular (smartphone) wireless, televisor Smat-TV wireless, impressora wireless, Microsoft XBOX wireless, Sony PS3 wireless, Sony PS3 wireless, computador wireless, notebook wireless, camera IP wireless, etc.

Ou seja: é IoT todo objeto que execute uma conexão com login de usuário + senha, com esse login feito dentro de um equipamento; com esse login feito dentro de um software de internet; com esse login feito dentro do aplicativo de celular; com esse login feito dentro de um website ou fazendo essa conexão de login dentro do mainframe de uma empresa.

Notei que hoje em dia esses aparelhos IoT (a grande maioria deles) funcionam na internet com conexão de login utilizando usuário + senha. Esses objetos hoje em dia funcionam quase igual a um computador portátil, e a pessoa consegue se conectar em mais de um mainframe, algumas vezes, ao mesmo tempo, e nem notar o que fêz.

Por exemplo:

  1. Se a pessoa usa o Microsoft Office 2016, esse software para funcionar ele pede usuário + senha para fazer login, esse login quando é executado a conexão do usuário é feito dentro do mainframe da Microsoft.
  2. Se a pessoa usa algum dos produtos da Adobe, esse software para funcionar ele pede usuário + senha para fazer login, esse login quando é executado a conexão do usuário é feito dentro do mainframe da Adobe.
  3. Se a pessoa usa o antivírus do Symantec Norton Security, esse software para funcionar ele pede usuário + senha para fazer login, esse login quando é executado a conexão do usuário é feito dentro do mainframe da Symantec.
  4. Se o usuário tem um roteador wireless + telefone wireless, esses aparelhos também pedem usuário + senha para fazer login, dentro do aparelho e dentro do mainframe do fabricante do aparelho roteador wireress e do fabricante do celular.
  5. Se o usuário tem um televisor Smart-TV Lan/Wireless, esse equipamento também pede uma conexão de login do tipo usuário + senha para a conexão poder ser feita e concluída dentro do mainframe do fabricante do equipamento.
  6. Se o usuário utiliza todos os equipamentos ao mesmo tempo, em conjunto, em sua residência ou empresa, com rede Lan ou rede wireless + internet, essa conexão é feita dentro de mais de um mainframe de fabricante, e todos estão conectados juntos. Seria mainframe Microsof + Adobe + Symantec + fabricante do roteador + fabricante do celular + fabricante do game (PS3 / PS4 / XBOX). Idem os tablets.
  7. Meu conselho, usem sempre softwares antivírus junto com seus IoT favoritos….

 

Por Ana Mercedes Gauna (06/04/2017)

Analista de Sistemas & Negócios Senior | CRA-RJ: 03-03161 | MCSE | CCNA2

 

===========================================================================

Translation (portuguese to english)

 

IoT – Do you know how it works?

The IoT (Internet Of Things) in texts that I read on the Internet in 2013/2014 referred to IoT as the internet of thoughts. The years passed, after these thoughts became reality, from 2015 the texts I read (already have some time) that refer to IoT as being the internet of things.

But what are these things? I was curious and decided to better analyze the texts that I read regarding this subject of IoT (Internet Of Things). And I found a point in common with something that I know well: the connection login (user plus password) in equipment.

In 2000 I studied computer networks when I took the full course of Microsoft Windows Server MCSE + TCP / IP + MCDBA Microsoft Windows SQL Server. At that time I worked in the Centro Candido Mendes Building, and my former boss paid me for this full course so that I could work using a Microsoft Windows Server, along with the Microsoft SQL Server database server, along with the system ERP RM Corpore (Accounting and Payroll System).

In 2008 I studied computer networks again when I took the online course on Cisco CCNA1 and CCNA2 Router. I’m thinking of doing another Cisco upgrade course on computer networks again, this time on wireless networking, soon. For now I do not know when, because I have been unemployed since November / 2014 …

But let’s continue …

What are these IoT objects? You use it daily, but do you know what it is?

Examples of IoT objects: wireless smartphone, Smat-TV wireless television, wireless printer, Microsoft XBOX wireless, Sony PS3 wireless, Sony PS3 wireless, wireless computer, wireless notebook, wireless IP camera, etc.

That is: IoT is every object that executes a connection with user login + password, with that login done inside an equipment; With this login made within an internet software; With that login made within the mobile application; With that login made within a website or making that login connection within a company’s mainframe.

I noticed that nowadays these IoT devices (the vast majority of them) work on the internet with login connection using user + password. These objects nowadays work almost like a laptop computer, and you can connect to more than one mainframe a few times at a time, and not even notice what you did.

For example:

  1. If the person uses Microsoft Office 2016, this software to work it prompts user + password to log in, that login when the user connection is done is done inside the mainframe of Microsoft.
  2. If the person uses any of the Adobe products, this software to work it prompts user + password to login, that login when the user connection is done is done within the Adobe mainframe.
  3. If the person uses Symantec Norton Security antivirus, this software to operate it requires user + password to log in, that login when the user connection is done is done inside the Symantec mainframe.
  4. If the user has a wireless router + wireless phone, these devices also ask for user + password to log in, inside the device and inside the mainframe of the manufacturer of the wireress router device and the manufacturer of the cell phone.
  5. If the user has a Smart-TV Lan / Wireless TV, this equipment also requests a user-login type connection + password for the connection to be made and completed within the mainframe of the equipment manufacturer.
  6. If the user uses all the equipment at the same time, together, in his residence or company, with Lan network or wireless + internet network, this connection is made inside more than one manufacturer mainframe, and all are connected together. It would be mainframe Microsof + Adobe + Symantec + router manufacturer + manufacturer of mobile + game maker (PS3 / PS4 / XBOX). Ditto the tablets.
  7. My advice, always use anti-virus software along with your favorite IoT ….

 

By Ana Mercedes Gauna (04/06/2017)

Senior Business Systems Analyst | CRA-RJ: 03-03161 | MCSE | CCNA2

NoOps – a paradigm to gain advantage from insight rich approach to ADM (Application Development and Maintenance)

NoOps – a paradigm to gain advantage from insight rich approach to ADM (Application Development and Maintenance) – via @CapGemini

“The term NoOps in this context, refers to a regime where downstream Application Development and Maintenance (ADM) and Business Process Operations workload is eliminated / reduced, based on a business-insight rich approach focused on delivering superior business outcomes, in addition to cost reduction.”

https://www.capgemini.com/blog/capping-it-off/2017/03/noops-a-paradigm-to-gain-advantage-from-insight-rich-approach-to-adm/?utm_source=elevate&utm_medium=blog&utm_content=expert_connect&utm_term=als_am_bpm&utm_campaign=digest_20170330&_lrsc=83ab02e5-f704-4e6b-bf7d-c733bb513fbd

 

What’s the difference between Artificial Intelligence, MachineLearning and DeepLearning?

What’s the difference between Artificial Intelligence, and ?

Data Science (Books)

Bibliography Recommendation Data Science

 Gregory Piatetsky-Shapiro (Analytics, Data Mining, Data Science Expert, KDnuggets President) em More Free Data Mining, Data Science Books and Resources

The list below based on the list compiled by Pedro Martins, but we added the book authors and year, sorted alphabetically by title, fixed spelling, and removed the links that did not work.

  1. An Introduction to Data Science by Jeffrey Stanton, Robert De Graaf, 2013.
    An introductory level resource developed by Syracuse University
  2. An Introduction to Statistical Learning: with Applications in R by G. Casella, S, Fienberg, I Olkin, 2013.
    Overview of statistical learning based on large datasets of information. The exploratory techniques of the data are discussed using the R programming language.
  3. A Programmer’s Guide to Data Mining by Ron Zacharski, 2012.
    A guide through data mining concepts in a programming point of view. It provides several hands-on problems to practice and test the subjects taught on this online book.
  4. Bayesian Reasoning and Machine Learning by David Barber, 2012.
    focusing on applying it to machine learning algorithms and processes. It is a hands-on resource, great to absorb all the knowledge in the book.
  5. Big Data, Data Mining, and Machine Learning: Value Creation for Business Leaders and Practitioners by Jared Dean, 2014.
    On this resource the reality of big data is explored, and its benefits, from the marketing point of view. It also explains how to storage these kind of data and algorithms to process it, based on data mining and machine learning.
  6. Data Mining and Analysis: Fundamental Concepts and Algorithms by Mohammed J. Zaki, Wagner Meira, Jr., Data Mining and Analysis: Fundamental Concepts and Algorithms, Cambridge University Press, May 2014.
    A great cover of the data mining exploratory algorithms and machine learning processes. These explanations are complemented by some statistical analysis.
  7. Data Mining and Business Analytics with R by Johannes Ledolter, 2013.
    Another R based book describing all processes and implementations to explore, transform and store information. It also focus on the concept of Business Analytics.
  8. Data Mining Techniques: For Marketing, Sales, and Customer Relationship Management by Michael J.A. Berry, Gordon S. Linoff, 2004.
    A data mining book oriented specifically to marketing and business management. With great case studies in order to understand how to apply these techniques on the real world.
  9. Data Mining with Rattle and R: The Art of Excavating Data for Knowledge Discovery by Graham Williams, 2011.
    The objective of this book is to provide you lots of information on data manipulation. It focus on the Rattle toolkit and the R language to demonstrate the implementation of these techniques.
  10. Gaussian Processes for Machine Learning by Carl Edward Rasmussen and Christopher K. I. Williams, 2006.
    This is a theoretical book approaching learning algorithms based on probabilistic Gaussian processes. It’s about supervised learning problems, describing models and solutions related to machine learning.

Read the full post on KDnuggets: http://www.kdnuggets.com/2015/03/free-data-mining-data-science-books-resources.html

Gregory Piatetsky-Shapiro (Analytics, Data Mining, Data Science Expert, KDnuggets President)

=======================================

Recomendação de Bibliografia Data Science = Kirk Borne‏@KirkDBorneDownload 50+ Free #DataScienceBooks:http://bit.ly/1Or1j5Z #abdsc#BigData #Analytics

Very interesting compilation published here, with a strong machine learning flavor (maybe machine learning book authors — usually academics — are more prone to making their books available for free). Many are O’Reilly books freely available. Here we display those most relevant to data science. I haven’t checked all the sources, but they seem legit. If you find some issue, let us know in the comment section below. Note that at DSC, we also have our free books:

There are several sections in the listing in question:

  1. Data Science Overviews (4 books)
  2. Data Scientists Interviews (2 books)
  3. How To Build Data Science Teams (3 books)
  4. Data Analysis (1 book)
  5. Distributed Computing Tools (2 books)
  6. Data Mining and Machine Learning (29 books)
  7. Statistics and Statistical Learning (5 books)
  8. Data Visualization (2 books)
  9. Big Data (3 books)

Here we mention #1, #5 and #6:

Data Science Overviews

Distributed Computing Tools

Data Mining and Machine Learning

=======================================

Windows Server: Microsoft Visual C++ (64 bits)

Para o Microsoft Windows Server versões 2008 / 2012 / 2016 poderem funcionar melhor, deve-se fazer o seguinte:
Observação:  Comprei meses atrás na Microsoft Press, diversos livros do Microsoft Windows Server 2012 R2 (2 livros) e do Microsoft SQL Server 2012 (3 livros), os quais eu ainda não terminei de ler.  

Sendo que no livro do exame do Microsoft Windows Server 2012 (Exam Ref 70-410 – Installing and Configuring Windows Server 2012 R2 – Author Craig Zacker), o autor do livro recomenda não existir drivers de 32 bits (x86) instalado dentro de um sistema operacional de 64 bits.  Nesse livro ele diz que esses drivers de 32 bits (x86) tem que ser bem eliminados (desinstalados) no sistema operacional de 64 bits (x64). E nesse livro, ele também informa que o sistema operacional Microsoft Windows Server desde a versão 2008 é versão 64 bits (x64).  

Processador 32 bits x 64 bits

Eu notei que existe drivers de 32 bits (x86) instalados dentro de diversos computadores com o sistema operacional de 64 bits (x64), como por exemplo: Microsoft Windows Server 2008 / 2012 / 2016, Microsoft Windows 7, Microsoft Windows 8 e Microsoft Windows 10.

Caso exista instalado no servidor (sistema operacional Windows de 64 bits) (ou exista instalado em computador de usuário comum) algum arquivo de driver de verão 32 bits (x86) do Oracle Java ou do Microsoft Visual C++ 2005 / 2008 / 2010 / 2013 / 2015, o técnico precisa fazer o download da versão de 64 bits deles, depois disso feito instalar um a um esses drivers 64 bits (x64), porque somente assim a desinstalação dos drivers de 32 bits (x86) conseguirá fazer ser concluída com sucesso, e por último reinicia o computador/servidor.  
Somente estando com os drivers de versão 64 bits instalados, é que o sistema operacional de 64 bits (x64) irá funcionar melhor.  Idem quanto aos computadores dos usuários comuns.  No site da Oracle existe o driver do JAVA versão 64 bits disponível para download.
Segue abaixo os links para download e instalação dos drivers 64 bits (x64) do Oracle Java e do Microsoft Visual C++

 

Por Ana Mercedes Gauna (19/04/2016)

Windows Web App Gallery

https://webgallery.microsoft.com/gallery?supportedLanguage=en-us&page=1

 


ocPortal 9.0.35 21/12/2016 added

Um CMS avançado e flexível, com ênfase na criação de comunidades, e sites dinâmicos e interativos. O ocPortal fornece recursos para criação de blogs, execução de fóruns, fornecimento de downloads, hospedagem de galerias e atendimento aos seus próprios bancos de dados, eCommerce e muito mais. Tudo persona… More information


Piwik 3.0.0 19/12/2016 added

Piwik is an open analytics platform currently used by individuals, companies and governments all over the world. With Piwik, your data will always be yours. Get detailed reports on your website visitors, the pages they visit, the languages they speak, the files they download, track your campaigns, ecommerce c… More information


DNN Platform 9.0.0 Platform 13/12/2016 added

DNN é a plataforma líder de gerenciamento de conteúdo para construir websites profissionáis com conteúdo dinâmico e funções interativas. Através de uma interface intuitiva com menus, até mesmo usuários não-técnicos podem usar o DotNetNuke para criar facilmente poderosos websites ou extender a funcionalid… More information


Kentico CMS para ASP.NET 10 13/12/2016 added

O Kentico CMS é um sistema de gerenciamento de conteúdo da Web para empresas e um sistema de gerenciamento de experiência do consumidor que fornece um conjunto completo de recursos para a criação de sites, intranets, sites comunitários e soluções de comércio eletrônico na plataforma Microsoft ASP.NET loc… More information


Composite C1 CMS 5.5 12/12/2016 added

O Composite C1 CMS é um software livre e gratuito de sistema de gerenciamento de conteúdo da Web repleto de recursos, desenvolvido para e por profissionais da web que têm sites personalizados como foco. Os desenvolvedores podem gerenciar layouts e estender o sistema usando qualquer opção de ASP.NET Razo… More information


SepPortal 2.3 09/12/2016 added

SepPortal membership portal software is built for the end user to have complete control of their website content without any knowledge of HTML or other programming languages. Besides the portal package, SepPortal in addition offers over 30 extra plugins you can add to your web portal. New customers get all th… More information


Gallery Server Pro 4.2.1 08/12/2016 added

Avançada galeria .NET, para qualquer site, de fácil utilização. Compartilhe e gerencie fotos, vídeo, áudio e outros arquivos pela Web. Automaticamente codifica arquivos de vídeo e áudio para formatos amigáveis para a Web. Fornece suporte a metadados EXIF/IPTC, marca-d’água, segurança do usuário, pesquisa… More information


WordPress 4.7 07/12/2016 added

O WordPress é uma plataforma de publicação de última geração com um foco em estética, padrões da web e usabilidade. More information


Joomla! 3.6.4 23/11/2016 added

Joomla! is an award-winning content management system (CMS), which enables you to build Web sites and powerful online applications. Many aspects, including its ease-of-use and extensibility, have made Joomla! the most popular Web site software available. Best of all, Joomla! is an open source solution that is… More information


phpBB 3.1.10 23/11/2016 added

Desde sua criação em 2000, o phpBB™ tornou-se a solução mais utilizada de fórum de software livre. Como seu antecessores, o phpBB™ 3.0 “Olympus” tem um painel de administração fácil de usar e um processo de instalação amigável, que permite ter um fórum configurado em minutos. More information


Incentive 4.7.1 10/11/2016 added

O Incentive é uma plataforma de colaboração social para comunicação instantânea entre equipes, projetos e departamentos. Ele é um software de servidor que pode ser baixado e que inclui fluxos de atividades, wikis, blogs e aplicativos que você pode configurar com segurança protegido por seu próprio fire… More information


Baby Gekko CMS 2.0.0 29/10/2016 added

Baby Gekko é um sistema de gerenciamento de conteúdo extensível com modelos e aplicativos conectáveis. More information


MediaWiki 1.27.1 20/09/2016 added

O MediaWiki é um pacote wiki de software livre gratuito escrito em PHP, originalmente para uso na Wikipédia. Agora, ele é usado em vários outros projetos sem fins lucrativos da Wikimedia Foundation e por muitas outras wikis. More information


Open Atrium 7.x-2.68 16/09/2016 added

Communicate securely, share assets and accomplish work together online. More information


Moodle 3.0.3 16/09/2016 added

O Moodle é um LMS (Sistema de Gerenciamento de Aprendizado) que fornece aos educadores uma caixa de ferramentas abrangente para criar cursos online dinâmicos. O Moodle tem software livre e é produzido por uma imensa comunidade global. More information


Concrete5 5.7.5.7 15/09/2016 added

Concrete5 is an open source content management system that makes running a website easy. More information


OpenCart 2.3.0.2 15/09/2016 added

OpenCart is a turn-key ready “out of the box” shopping cart solution. You simply install, select your template, add products and you’re ready to start accepting orders. More information


nopCommerce 3.80 29/08/2016 added

O nopCommerce é um carrinho de compras totalmente personalizado. Uma solução com recursos abrangentes que é fácil de usar para novos negócios online, mas é poderosa o bastante segundo os mais exigentes especialistas em comércio eletrônico. More information


ZBillingNET 3.0.0.0 10/08/2016 added

ZBilling .Net is a free ASP MVC recurring Billing and Support Software. With ZB you will can to management clients, services and invoices. You can also use support ticket system regarding with client services or invoices. More information


SmartStore.NET 2.6.0 17/07/2016 added

SmartStore.NET is a free, open source, full-featured e-commerce solution for companies of any size. It is web standards compliant and incorporates the newest Microsoft web technology stack. SmartStore.NET includes all essential features to create multilingual and multi-currency stores targeting desktop or mob… More information

 


C-Desk 05.00.00.023 26/05/2016 added

C-Desk is a Asp.net Application like an intranet solution. With features like Service Desk management (Helpdesk), Customer care, Logbooks, Task management, Project management, Surveys & Polls, Knowledge base, Events and photo gallery, Notice board, asset management Etc. Active directory authentication, Integr… More information


SoNET-Web-Engine 4.2.0.5 18/05/2016 added

The SoNET Web Engine provides a stable Internet platform for your ideas. Instantly generate dynamic, mobile friendly websites with modern features like blog, memberships, mass-messaging, privacy levels, comments, ratings, notifications, template-swapping, photo, video & audio uploading, classifieds, journals,… More information


Orchard CMS 1.10.1 18/05/2016 added

O Orchard CMS é um software livre de sistema de gerenciamento de conteúdo que permite aos usuários criar rapidamente sites na plataforma Microsoft ASP.NET. More information


Orchard Collaboration 2.3 29/04/2016 added

Orchard Collaboration is a free, open source ticketing system, project management and collaboration framework build on top of the Orchard CMS. It natively integrates with Orchard CMS and extends its features by allowing its users to collaboratively work on the content or by simplifying communication with the … More information


Umbraco CMS 7.4.3 29/04/2016 added

O CMS moderno, robusto e amigável para desenvolvedores e designers usado por mais de 160.000 mil sites. Fácil de usar e simples de ser estendido. More information


Virto Commerce 2.9 28/03/2016 added

Virto Commerce is the only enterprise level e-commerce product fully available under Open Source license. Virto Commerce is based on .NET 4.5 with extensive use of MVC, IoC, EF, AngularJS and many other cutting edge technologies. More information


My CV 1.0 19/02/2016 added

Create standout CVs for you and your friends and family in minutes, share your CVs online or export to a word document. All on your own domain or web space of your choice. More information


MVC Forum 1.7 04/02/2016 added

O MVCForum é um quadro de discussões ASP.NET MVC repleto de recursos, como o StackOverFlow. Ele foi criado com uso do ASP.NET MVC, do Unity & Entity Framework 5 e também funciona em ambientes médios/parciais. More information


BlogEngine.NET 3.2.0.3 18/01/2016 added

BlogEngine.NET is a fully featured, open source blogging platform written in ASP.NET. BlogEngine.NET is easily customizable with many downloadable themes, widgets, and extensions. More information


Better CMS 2.0.0 18/01/2016 added

Better CMS makes any user feel like a veteran web editor with it simple, intuitive and customizable publishing workflow. Built on ASP.Net MVC platform, natively adaptive, SEO friendly, and cloud integration ready, the power of your website and content is back in your hands. More information


CVenture 5.02.04.003 05/01/2016 added

Cventure is a ASP.Net based CRM Application that takes care of complete Sales life cycle (Enquiry management, Quotes, follow ups, sales order. Etc.) , invoicing, Payment tracking, Purchase management , Customer Support management etc. CVenture is a completely free. All you need to do is register at http://ww… More information


HostAnySite 2.0 12/11/2015 added

HostAnySite is a fully customizable Blogging site. A solution with comprehensive features that is easy to use for new Users, yet powerful enough for the most demanding forum application. More information


WEB AD 02.00.03.000 06/11/2015 added

WebAD is a Web based AD user and group management app. It makes administration easier to manage users, reset password,activate deactivate accounts.Manage groups,etc. It also works as password self service tool. User with admin privilege can manage complete AD. Regular users can reset their passwords. You can… More information


SilverStripe CMS 3.2.0 12/10/2015 added

Sistema de gerenciamento de conteúdo moderno e amigável. Pode ser estendido por desenvolvedores da Web por meio da estrutura PHP. More information


BeYourMarket 1.3.0beta 15/09/2015 added

BeYourMarket is an open source platform that makes it incredibly easy to build peer-to-peer marketplaces. Bootstrap your marketplace in just minutes! More information


SplendidCRM 9.2.5692 11/08/2015 added

O SplendidCRM é um aplicativo comercial de software livre de relacionamento com o cliente projetado para empresas que investem em servidores Microsoft. More information


Magento 1.9.2.0 17/07/2015 added

Deep development and technical resources, powerful and flexible technology and more than 200,000 customer sites combine to make Magento the choice of more eCommerce developers. More information


TYPO3 CMS 6.2 6.2.14 17/07/2015 added

TYPO3 CMS is the leading Enterprise Open Source CMS with a focus on the current needs of businesses and public institutions. More information


MonoX 5.1.40.5152 17/07/2015 added

O MonoX é um CMS e uma Plataforma de Rede Social fácil de usar para ASP.NET, desenvolvida com base na estrutura de Web Parts. Sua interface do usuário interativa é compatível com navegadores da Web modernos, o que possibilita interação intuitiva do tipo arrastar e soltar com as partes do portal. Além das… More information


YetAnotherForum.NET 2.2.2 29/06/2015 added

O YetAnotherForum.NET (YAF) é o fórum de discussão sobre software livre (GRATUITO) repleto de recursos mais antigo e mais maduro para sites que executam o ASP.NET. More information

 


razorC.net 1.1.1 15/05/2015 added

Desenvolvido com páginas da Web ASP.net (sintaxe do razor), é excelente para desenvolvedores do WebMatrix. Muito fácil de instalar e modificar. More information


a-webshop 1.0.5 15/05/2015 added

A webshop is a free e-commerce solution that you can use to set up your own self-hosted online store. A webshop is distributed as open source code and is written in ASP.NET, MVC and C#. MS SQL is used for data storage. More information


Acquia Drupal 7 7.35.42 01/05/2015 added

O Acquia Drupal 7 fornece o caminho mais rápido para a criação de sites sociais e dinâmicos com conteúdo editorial e gerado pelos usuários. Inclui o Drupal e os módulos populares. More information


nService 4.39.20 01/05/2015 added

Software de suporte e assistência técnica que ajuda as organizações a fornecerem suporte e serviços para seus funcionários e clientes. Esta edição grátis permite um técnico simultâneo e um número ilimitado de usuários finais. More information


MageliaWebStore (para IIS) 3.1.82.4 14/04/2015 added

O Magelia WebStore é um software de comércio eletrônico avançado para o ambiente .NET e vem com um conjunto completo de recursos. A abordagem baseada em serviço facilita a criação de lojas escalonáveis de comércio eletrônico para PCs, tablets e smartphones, além de permitir uma integração simples com o… More information


Lemoon 4.6.1.2 07/04/2015 added

Lemoon is a developer-friendly content management system (CMS) based on the latest Microsoft technology. More information


BugNET 1.6.339 07/04/2015 added

BugNET is an open source issue tracking project built using C# and the ASP.NET platform. More information


.NET CMS 5.35 11/03/2015 added

O CMS .NET é gratuito para todas as finalidades: Web Design Responsivo HTML5 .net CMS, microdados de trechos avançados. Sem banco da dados (sem banco de dados = sem problemas = 10x mais rápido), multilíngue, FÓRUM, GALERIA, PDF DINÂMICO, WIKI, comunitário, fácil e amigável ao usuário, mapa dinâmico do si… More information


ASPdatabase.NET 2.0.7 07/02/2015 added

ASPdatabase.NET is multi-user web app for viewing, managing and creating SQL Server tables. The admin features allow a developer to create and modify table structures. And the data grid allows for data entry users to view, sort, filter, edit, delete and export SQL Server tables. The multi-user features allows… More information


OWA 1.5.7 23/09/2014 added

Open Web Analytics (OWA) is open source web analytics software that you can use to track and analyze how people use your websites and applications. More information


OfficeClip Basic Edition 10.2.17 11/08/2014 added

Includes CRM, task management, time tracking and support ticket management in a unified suite More information


EC-CUBE 2.13.2-IIS-p1 28/07/2014 added

Japanese eCommerce Application for PHP. More information


Parallel Campus 1.0.0 09/07/2014 added

Parallel Campus is the leading School/College management web application product. A solution with comprehensive feature that is easy to implement and use. It has all the basic and advanced modules such as Student Information System, Staff Information System,Mobile Attendance Register, Finance & Payroll Manag… More information


Kartris 2.6002 27/05/2014 added

O Kartris é uma loja online pronta para ser utilizada, elaborada em ASP.NET (vb). Um assistente de instalação facilita a configuração inicial. O back-end amigável inclui navegação em árvore e catálogo de produtos. Software totalmente livre fornecido para páginas, controles, páginas mestra e BLL (camada… More information


CakePHP 2.5.1 21/05/2014 added

CakePHP makes building web applications simpler, faster and require less code. More information


Shopping Cart .NET 2.5.1 22/04/2014 added

Shopping Cart .NET é um portal de comércio eletrônico completo escrito em ASP.NET. Ele oferece muitos recursos de CMS como páginas personalizadas, temas e menu de navegação. Os recursos de comércio incluem um carrinho de compras completo com imagens personalizadas, exibição de histórico, análises de prod… More information


SageFrame 3.0.0.0 14/04/2014 added

O SageFrame é um eficiente CMS (Sistema de Gerenciamento de Conteúdo) criado sobre uma base ASP.NET. More information


VevoCart 6.2.0 08/01/2014 added

A free, Responsive, PA-DSS Certified ASP.NET e-Commerce solution written in C# includes all e-Commerce features that allow users to create successful online business. It’s easy to use, flexible and extensible to meet eCommerce business needs. More information


WINRECRUIT 1.0 16/12/2013 added

Winrecruit helps corporate and Human Resource Consultancy to streamline their recruitment process. Winrecruit helps to build your Company recruiting/careers page similar to the company’s website and can be customized according to your needs which helps you gain additional momentum More information


EC-CUBE Global Version 2.12.6en-p1-IIS-p1 22/11/2013 added

EC-CUBE is an open source e-commerce package. It is the most popular shopping cart in Japan. Users can build unique e-commerce sites with ease. Due to its drag and drop functionality, no programming experience is required. The user community that supports EC-CUBE is growing daily. We encourage feedback… More information

 


WordPress PT Brasil 3.7.1 12/11/2013 added

O WordPress é um software da Web que você pode usar para criar lindos sites ou blogs. Gostamos de dizer que o WordPress é, ao mesmo tempo, gratuito e impagável. More information


SugarCRM 6.5.16 25/10/2013 added

O premiado aplicativo Sugar altamente extensível da SugarCRM oferece um único sistema para gerenciar interações dos clientes entre diferentes linhas de negócios. More information


Tandem Server CMS 2013.06.04 23/09/2013 added

O Tandem Server CMS é uma solução de gerenciamento de sites para pequenas empresas e sites pessoais. Nossa ferramenta de publicação online intuitiva torna a atualização do seu site um processo imediato. O Tandem Server é gratuito e requer apenas o plano de hospedagem de uma janela básica para ser executa… More information


Tiki Wiki CMS Groupware 9.6 13/08/2013 added

O Tiki é um aplicativo gratuito multifuncional com base na Web e de código aberto que oferece ferramentas de colaboração, publicação, comércio, redes sociais, CRM e produtividade de trabalho. More information


AspxCommerce 2.0 08/08/2013 added

AspxCommerce – ‘Flexible and easy eCommerce platform’ offers a complete e-Commerce solution that allows you to build and run your fully functional online store in minutes. You can create your storefront; manage the products through categories and subcategories, accept payments through credit cards and ship th… More information


Nearforums 9.0.0.0 07/06/2013 added

O Nearforums é um fórum básico de discussão moderna desenvolvido na linguagem C# com ASP.NET MVC. De software livre, com uma licença permissiva (MIT) adequada para empresas e desenvolvedores, o Nearforums inclui recursos excelentes como entrada com Facebook/Twitter, navegação com marcas, administração co… More information


Numedia Stack 3.5 12/04/2013 added

O Numedia Stack é uma plataforma Web com estrutura de extensibilidade de comércio eletrônico de conteúdo digital para o Microsoft ASP.NET. More information


Kooboo CMS 4.0.2.0 01/04/2013 added

O Kooboo é um CMS flexível e extensível baseado no ASP.NET MVC. O Kooboo ajuda você com todas as tarefas regulares de desenvolvimento de sites, também inclui vários recursos corporativos, como fluxo de trabalho, controle de versões, publicação e serviço de integração. Você pode criar facilmente um site p… More information


Wiki asp.net 1.0 15/02/2013 added

Wiki asp.net is a simple and open source wiki engine running on Asp.Net. Wiki asp.net (also known as a wiki engine or wiki application asp.net) is collaborative open source software that runs a wiki, i.e., a website that allows users to create and collaboratively edit web pages via a web browser…. More information


CMS Gallery 1.1 16/01/2013 added

O CMS Gallery é uma galeria de fotos para o .NET totalmente gratuita! Ele fornece um mecanismo eficiente para carregar e gerenciar galerias de imagens, com a habilidade de carregar em lotes, adicionar/excluir/reorganizar imagens, agrupar galerias em álbuns, e muito mais. Recursos: EXIF, estrutura em árvo… More information


WYSIWYG .NET 1.00 13/12/2012 added

O WYSIWYG .NET é um editor HTML que tenta exibir a página da Web à medida que ela aparece no navegador. Ele é um editor visual; você não manipula o código diretamente.More information


tomeCMS 1.004 13/12/2012 added

O tomeCMS é um sistema de gerenciamento de conteúdo gratuito e de código aberto criado especificamente para manuais de usuário de documentação técnica. Em vez de armazenar arquivos como páginas, cada título e seção de conteúdo é armazenado como um registro separado, de modo que os dados são altamente est… More information


Ticket System 1.0 11/12/2012 added

O software livre Ticket System .NET é baseado no “.NET CMS”, (ITS, sistema de rastreamento de problemas, sistema de tíquetes de problema, tíquete de suporte ou sistema de tíquete de incidente). O software livre Ticket System Help Desk permite gerenciar facilmente um volume crescente de tíquetes. More information


MyCommerceBooks 4.0 27/11/2012 added

O MyCommerceBooks (eCB) é um pacote de aplicativos de software de negócios com documentos colaborativos respaldados por fluxos de trabalho para aumentar a automação e reduzir a entrada de dados. Você pode optar por implantar o eCB como SaaS ou como um pacote para baixá-lo e instalá-lo localmente. A funci… More information


RakuCMS 1.7.3 01/10/2012 added

O RakuCMS é uma solução CMS fácil e extensível criada sobre o Microsoft ASP.NET e outras tecnologias Web padrão para editores e desenvolvedores de conteúdo criarem e manterem sites estáticos e dinâmicos com rapidez e eficiência. More information


Dropthings 2.8.2 01/10/2012 added

Portal equipado com widgets personalizáveis da Web 2.0 criado com o uso de ASP.NET 3.5, jQuery e .NET 3.5. Um aplicativo Web funcional que você pode estender para criar seus próprios sites da Web 2.0, bem como Painéis Corporativos que agregam informações de várias fontes. Os usuários podem arrastar e sol… More information


RESX Manager 1.1 08/08/2012 added

Uma ferramenta com base na Web para editar todas as cadeias de caracteres de texto em um aplicativo .NET online, permitindo o controle automático de todos os arquivos de linguagem RESX. More information


.NET Forge CMS 7.0.5 26/06/2012 added

O .NET Forge CMS é um sistema de gerenciamento de sites avançado criado no ASP.NET Framework. O .NET Forge CMS é um sistema com soluções para vários tipos de tarefas técnicas internas, o que torna o desenvolvimento mais rápido e mais barato. Uma edição Community gratuita está disponível para aqueles que … More information


dashCommerce 3.5.0 14/06/2012 added

O dashCommerce é um aplicativo de comércio eletrônico ASP.NET de código aberto. More information


Projeto Survey 2.0 11/06/2012 added

O Survey™ Project é uma pesquisa gratuita baseada na Web e um kit de ferramentas de formulários (de entrada de dados) para processamento e coleta de dados online. O Survey™ Project é ideal para qualquer um que precisa coletar informações valiosas de clientes, visitantes ou funcionários com eficiência. … More information

 


Drupal Commerce Kickstart 1.8.1 04/06/2012 added

Drupal Commerce é uma estrutura fina e ágil de software livre de comércio eletrônico criada no Drupal 7. Use-a para criar sites flexíveis e altamente personalizáveis baseados na melhor plataforma para comércio social. More information


DasBlog 2.31.12105.64836 24/04/2012 added

O dasBlog é um aplicativo de blogs em ASP.NET. Executado em ASP.NET 2.0 e versões superiores, o dasBlog não exige um banco de dados. Por isso, ele é mais fácil de configurar e mais barato de hospedar. Tudo o que o dasBlog precisa é que você dê acesso de gravação a uma pasta onde ele possa salvar informaç… More information


Kooboo Communicator 1.0.8.0 02/04/2012 added

Esta ferramenta de comunicação permite que você envie regularmente pesquisas e campanhas de marketing aos clientes. Você pode importar contatos, criar uma campanha e enviá-la aos clientes em 5 minutos, até mesmo para os usuários de primeira vez. Você e suas campanhas por email com aparência profissional…. More information


MerchantTribe 1.3.0.235 23/01/2012 added

MerchantTribe é uma plataforma de comércio eletrônico grátis e de software livre do ASP.NET MVC desenvolvida em C#. Precisamos do maior número de pessoas possível usando o MerchantTribe para que ele prospere. Precisamos que comerciantes, desenvolvedores e designers participem e nos ajudem a aprimorar o… More information


DotNetAge 2.0.2 31/05/2011 added

O DotNetAge é um CMS, uma plataforma de rede social e uma plataforma Mvc RAD. O DotNetAge enfoca a estética, a facilidade de uso, a SEO e os padrões da Web. Ele oferece uma interface intuitiva que permite aos usuários não técnicos criar facilmente novos sites ou estender a funcionalidade e os recursos do… More information


N2 CMS 2.1 MVC Edition 2.1.1 02/02/2011 added

Modelos ASP.NET MVC para a Estrutura de CMS N2 More information


MODx CMS 1.0.4 07/06/2010 added

O MODx Evolution é a plataforma básica de software livre de gerenciamento de conteúdo PHP. Ele oferece liberdade completa para designers de sites — o que permite a eles usar todos os designs possíveis. Os desenvolvedores podem estender ou adicionar a maioria das funcionalidades exigidas sem restrição. Pe… More information


Mayando 1.1 08/01/2010 added

O Mayando é um aplicativo de blog de fotografia repleto de recursos que você pode usar para apresentar suas fotos online. More information

SISREG & Cadê os médicos especialistas?

 

Eu tenho uma reclamação geral para todos os políticos.  Cadê os médicos Especialistas?  Já tem mais de 50 anos eles sempre existiram trabalhando dentro dos postos de saúde públicos e dentro dos hospitais públicos da zona sul do Rio de Janeiro. Os médicos de diversas especialidades faziam consulta gratuita para toda a população. Notei existir em vários postos de saúde uma dificuldade gigantesca para os pacientes marcar (agendar) uma simples consulta médica:

  • ginecologista (médico de  mulheres)
  • urologista  (médico de homens)
  • otorrinolaringologista
  • cardiologista (quem cuida da pressão arterial alta ou baixa)
  • angiologista (quem cuida das varizes nas pernas)
  • neurologista
  • fonoaudiólogo
  • odontologia (dentistas)
  • oftalmologista
  • endocrinologista (nutricionistas)
  • gastroenterologista (quem cuida do estômago, fígado, vesícula, etc)
  • etc
Sei que é recomendado a todas as pessoas (adultos), anualmente, partir dos 30 anos de idade, se consultar com médicos de diversas especialidades para fazerem o seu checkup anual de saúde.
Um exemplo, é o Hospital Miguel Couto, além do atendimento de urgência e emergência, existia anos atrás médicos de diversas especialidades médicas trabalhando e atendendo gratuitamente a população em geral dentro de diversos consultórios médicos no interior do prédio, em uma época que ainda não existia esses computadores. Atualmente vi somente médicos clinico geral atendendo a população. Isso é um absurdo total.

SISREG (Sistema Nacional de Regulação de Vagas)

Na semana passada ouvi uma propaganda política na televisão, falando de um SISREG que eu nunca utilizei, e ouvi que a reclamação geral das pessoas que utilizam o SISREG é que ele não está funcionando direito já tem vários meses.  Então eu resolvi investigar na internet o que é esse SISREG.
O sistema SISREG, é o Sistema Nacional de Regulação de Vagas, é um software utilizado pelos governos municipal, estadual e federal para atendimento médico geral da população que utilizam os postos de saúde públicos e os hospitais públicos.
Li que o software sistema SISREG versão 2 parou de funcionar (desde Setembro/2008), há vários anos atrás,  mas notei que ainda existe  diversos domínios de internet (diversos sites) contendo informações desatualizadas do sistema SISREG versão 2.  (Esses sites já deveriam estar desativados)

 

Caso, hoje em dia, ainda exista alguns computadores utilizando o velho sistema SISREG versão 2, as informações existentes nele deverão ser importadas para dentro do SISREG versão 3. E o atendente (servidor público) deverá fazer um treinamento técnico para aprender a utilizar o sistema SISREG versão 3.

Li que o software SISREG versão 3 (desde Setembro/2008), é o atual que os postos de saúde públicos, e os hospitais públicos deverão estar usando atualmente. E que para os atendentes (servidores públicos) poderem utilizar corretamente o sistema SISREG versão 3 deverão fazer um treinamento técnico. Notei que existe na internet diversos domínios de internet (diversos sites) contendo informações relativas ao sistema SISREG versão 3.

CARTÃO NACIONAL DE SAÚDE (MINISTÉRIO DA SAÚDE)

Em 2015 eu notei que existe também o CARTÃO NACIONAL DE SAÚDE (MINISTÉRIO DA SAÚDE), e que para o site dele funcionar de forma correta, todos os computadores do governo municipal, estadual e federal, de todos os estados do Brasil, tem que estar interligados em uma rede de computadores, para toda a população do Brasil poderem utilizar.
MINHA PRINCIPAL CRÍTICA É:

Colocaram computadores dentro dos postos de saúde públicos (clínicas da família), e colocaram computadores dentro dos hospitais públicos, e ligaram esses computadores se comunicando com os demais computadores dos governos municipal, estadual e federal.  Até ai tudo bem, se o objetivo principal era melhorar a comunicação entre os hospitais públicos, os postos de saúde públicos, a Previdência Social (INSS) e o Ministério da Saúde (SUS).

Mas o que eu notei é complicação.  As pessoas (adultos) não estão conseguindo ter facilidade para marcar as consultas médicas com os médicos de diversas especialidades: ginecologistas, cardiologistas, otorrinolarinlogistas, endocrinologistas, angiologistas, neurologistas, etc.

Cadê os médicos de diversas especialidades que sempre existiram (já tem mais de 50 anos), trabalhando dentro dos postos de saúde públicos, e dos hospitais públicos municipal, estadual e federal, que atendiam gratuitamente a população em geral dentro de seus consultório médico?

É um tremendo absurdo as pessoas (pacientes) somente encontrarem hoje em dia, médicos clínicos geral e enfermeiros trabalhando.

Por  Ana Mercedes Gauna (27/09/2016)
Analista de Sistemas Senior | MCSE | CCNA2 R&S
CRA-RJ: 03-03161 | ABRAWEB: 66132 | ABRACEM: Q27795

Business Intelligence (BI)

Business Intelligence (BI) pode ser traduzido como inteligência de negócios, ou inteligência empresarial. Isto significa que é um método que visa ajudar as empresas a tomar decisões inteligentes, mediante a coleta e processamento de dados, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de informações que oferecem suporte a gestão de negócios, recolhidas pelos diversos sistemas de informação. Ou seja, é o conjunto de teorias, metodologias, processos, estruturas e tecnologias que transformam uma grande quantidade de dados brutos em informação útil para tomada de decisões estratégicas.
ANALISTA BUSINESS INTELLIGENCE (BI), no BRASIL é conhecido por outro nome junto ao Cadastro Brasileiro de Ocupações (CBO) do Ministério do Trabalho e Emprego (www.mtecbo.gov.br)

CBO 2124-05  Analista de desenvolvimento de sistemas

Sinônimos do CBO
  • 2124-05 – Analista de sistemas (informática)
  • 2124-05 – Analista de sistemas para internet
  • 2124-05 – Analista de sistemas web (webmaster)
  • 2124-05 – Consultor de tecnologia da informação
  • 2124-05 – Tecnólogo em análise de desenvolvimento de sistema
  • 2124-05 – Tecnólogo em processamento de dados
  • 2124-05 – Tecnólogo em sistemas para internet

 

Descrição Sumária

Desenvolvem e implantam sistemas informatizados dimensionando requisitos e funcionalidade dos sistemas, especificando sua arquitetura, escolhendo ferramentas de desenvolvimento, especificando programas, codificando aplicativos. administram ambiente informatizado, prestam suporte técnico ao cliente, elaboram documentação técnica. estabelecem padrões, coordenam projetos, oferecem soluções para ambientes informatizados e pesquisam tecnologias em informática.

Formação e Experiência

Para o exercício profissional dessas ocupações, requer-se curso superior completo, em nível de bacharelado ou tecnologia. Podem, também, obter formação específica por meio de cursos de qualificação, com carga horária entre duzentas e quatrocentas horas. A experiência profissional prévia requerida dos titulares para o exercício pleno das atividades é de um a dois anos, incluindo o tempo de estágio.em função da inovação tecnológica, a permanência no mercado de trabalho requer atualização contínua dos profissionais.

Condições Gerais de Exercício

Exercem suas atividades em qualquer setor da atividade econômica, tais como a indústria, o comércio, os serviços, a agropecuária ou a administração pública.podem trabalhar em empresas públicas ou privadas, em geral de médio e grande portes. seu trabalho se desenvolve, majoritariamente em equipe, de forma cooperativa, com supervisão ocasional. não há predominância de um tipo de vínculo de trabalho: os profissionais podem ser assalariados ou trabalhador por conta própria e trabalham em período diurno.

O Analista de Business Intelligence (ou Analista de BI) identifica analisando diversas informações armazenadas em banco de dados, quais são os padrões nos dados armazenados, e tendo como base estes padrões, ele propõe análises em relatórios gráficos ou por meio de laudos técnicos, que preveem o andamento de um determinado produto ou serviço ou comportamento de um determinado cliente. Assim, ele colabora com outras áreas da empresa tais como a área administrativa, financeira e de marketing.

Entre as tarefas exercidas pelo Analista Business Intelligence estão:

  • A configuração técnica de aplicações que realizem a análise de dados;
  • A definição de padrões e melhores práticas de desenvolvimento;
  • A documentação técnica de sistemas web e layout de projetos;
  • A elaboração de um cronograma do projeto e relatórios gerenciais;
  • Análise de requisitos, pesquisa e coleta de dados para tomada de decisões;
  • A gestão de projetos técnicos com liderança de equipes;
  • A negociação de contratos de terceirização de serviços técnicos;

 

O ANALISTA BUSINESS INTELLIGENCE  tem conhecimento técnico e experiência trabalhando com o seguinte:

  • Redes de Computadores (Windows Server ou Linux ou Unix)
  • Banco de Dados SQL (Microsoft SQL Server, Oracle SQL, MySQL)
  • Business Process Management (BPM) (Gestão de Processos)
  • Sistemas ERP (Sistemas de Gestão de Negócios Empresariais)
  • Administração de banco de dados BIG DATA e IoT (Internet das Coisas)
  • Organização & Métodos (O&M)
  • Análise de informações em banco de dados (Data Warehouse)
  • Modelagem lógica da estrutura de dados (informações)
  • Segurança das Informações (ABNT NBR ISO 27001/27002/27003)
  • Gerenciamento de Projetos (ABNT NBR ISO 21500)
  • Técnicas de Administração
  • Técnicas de Marketing de Conteúdo
  • Noções de Contabilidade e legislação
  • Estatística
  • Matemática Financeira

 

Para tornar-se um Analista de Business Intelligence é preciso ter ensino superior completo em área de Tecnologia da Informação, como em Engenharia da Computação ou Ciências da Computação, como ANALISTA DE SISTEMAS ou TECNÓLOGO EM PROCESSAMENTO DE DADOS, etc, e após ter concluído o curso superior, se cadastrar no Conselho Regional de Administração (CRA) para poder obter a carteira do registro profissional.

O mercado de trabalho para este profissional é bastante atrativo, uma vez que ele desempenha papel fundamental nas questões estratégicas da empresa, dando suporte técnico-administrativo para a tomada de decisões corretas, evitando assim possíveis riscos de falhas na execução dos projetos da empresa.

 

 Por:  ANA MERCEDES GAUNA  (14/09/2016)
ANALISTA DE SISTEMAS SENIOR | MANAGEMENT | MCSE | CCNA2
CRA-RJ: 03-03161 | ABRAWEB: 66132 | ABRACEM: Q27795 CONSULTOR TI

Lei de Análise de Risco de Crédito em banco de dados

Lei nº 12414 de 09 de Junho de 2011, que disciplina a formação e consulta a bancos de dados com informações de adimplemento, de pessoas naturais ou de pessoas jurídicas, para formação de histórico de crédito.
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2011/Lei/L12414.htm

As empresas que trabalham utilizando o banco de dados do SERASA e SPC, para fazerem a análise de risco de crédito de pessoas físicas (indivíduos) e de pessoas jurídicas (empresas), costumam fazer sua campanha de marketing chamando esta lei 12414 de 09/06/2011 de “LEI DO CADASTRO POSITIVO”.  

Só que esta Lei 12414 de 09/06/2011 regulamenta as consultas feitas em banco de dados que contém informações completas de cadastro pessoal de pessoas físicas (indivíduos), e informações completas de cadastro empresarial de pessoas jurídicas (empresas), para fins de análise de risco de crédito.

Uma pessoa faz o contrato de empréstimo ou contrato de financiamento em uma empresa, e se essa empresa é cliente do SERASA ou SPC, essa empresa faz o cadastro das informações desse seu cliente dentro do banco de dados do SERASA e/ou SPC, sem a autorização da pessoa (cliente/consumidor), diversos já fazem isso ha dezenas de anos.

Estão violando a privacidade das pessoas ou empresas, quando terceiros consultam essas informações e divulgam essas informações para outros terceiros, à revelia do cliente/consumidor, sem terem a autorização desse indivíduo ou dessa empresa.

Ou quando terceiros (empresas desconhecidas de cobrança de dívidas) violam a privacidade dos clientes (consumidores), ao fazem telefonemas dizendo que representam a empresa tal, e ao telefone fazem ameaças cobrando dívidas:

  • fazem telefonemas para a empresa onde a pessoa trabalha, em horário comercial, cobrando dívidas, e com isso atrapalham a execução dos trabalhos de rotina dessas pessoas (cliente/consumidor) nas empresas na qual ele é funcionário. Isso é violação de privacidade.
  • fazem telefonemas para todas as pessoas que estão cadastradas como sendo referências em contratos de um indivíduo ou empresa, cobrando dívidas e com isso prejudicando a pessoa ou empresa (cliente/consumidor). Isso é violação de privacidade.  Lembrando que fiadores não é igual a cadastro de referências. 
  • ou quando esses cobradores  (terceiros funcionários de empresas desconhecidas que não tem contrato em vigor com o cliente/consumidor) telefonam para os filhos ou parentes ou amigos (que existem no cadastro como sendo referências), cobrando as dívidas dos pais ou dos parentes, e com isso atrapalhando e prejudicando as relações pessoais particulares dessa pessoa ou empresa (cliente/consumidor).  Isso é violação de privacidade.

Os funcionários dessas empresas de crédito e financiamento, e de empresas de cobrança de dívidas, costumam utilizar esse banco de dados (diversas empresas pagam um valor de assinatura para poder ter o direito de fazer consultas dentro desse banco de dados do SERASA e SPC) há vários anos.

Tem pessoas (funcionários de empresas de financiamento, bancos, cobradores, etc) que fazem essa consulta para poder analisar se uma pessoa ou empresa é CADASTRO POSITIVO (quem não tem dívidas e paga todas as contas em dia) ou CADASTRO NEGATIVO (quem tem dívidas, não paga as contas em dia, é inadimplente).  Ambas as informações existem dentro desse banco de dados do SERASA e SPC.  

E isso de CADASTRO POSITIVO e CADASTRO NEGATIVO, é inconsistente, porque o indivíduo ou empresa, ele pode ser cadastro negativo para algumas empresas, e esse mesmo indivíduo ele pode ser cadastro positivo para várias outras empresas.

Por causa dessa Crise Econômica do Brasil, que pelas notícias que eu li nos últimos meses, se iniciou em 2014, diversas empresas faliram e fecharam as portas em vários estados do Brasil, diversas empresas demitiram milhares de empregados em vários estados do Brasil, com isso é óbvio que existe uma quantidade muito grande de inadimplentes pessoa física (indivíduos) e pessoa jurídica (empresas) em vários estados do Brasil, com cadastro negativo para crédito existente dentro desse banco de dados do SERASA e SPC.

É incorreto empresas que são clientes do SERASA e SPC,  que fazem consultas de forma regular dentro desse banco de dados deles, se basearem nessas informações de inadimplência de pessoas físicas para recusarem o Curriculo Vitae deles, quando se candidatam a vagas de emprego.  Ao fazerem isso, estão desobedecendo a Lei CLT.

Esses projetos-de-lei nova de privacidade e proteção aos dados pessoais, que ainda estão em fase de estudo, tem que levar em conta também esta Lei 12414 de 09/06/2011 que regulamenta as consultas feitas aos bancos de dados de empresas como o SERASA, SPC, etc, para fins de análise de risco de crédito, porque os funcionários dessas empresas de crédito (terceiros), empresas de financiamento, bancos, empresas desconhecidas que não tem contrato com o cliente (consumidor), etc, tem que parar de invadir a privacidade dos clientes (consumidores) via telefonemas de cobranças, sejam eles para pessoa física (indivíduos) e/ou para pessoa jurídica (empresas), cujo cadastro deles existem dentro desse banco de dados.

Por Ana Mercedes Gauna (25/08/2016)

 

VII Seminário de Proteção à Privacidade e aos Dados Pessoais (2016) (NIC.BR)

 

 

 

 

 

 

VI Seminário de Privacidade 2015 (NIC.BR)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Satya Nadella Talks Microsoft at Middle Age

 Microsoft Cloud Platform compartilhou hoje no Linkedin:
As Microsoft moves into middle-age, Satya Nadella discusses his cloud-first vision for the company. Read the interview in Bloomberg Business.
Satya Nadella Talks Microsoft at Middle Age
The chief says he wants to turn a PC-centric company into one focused on the promise of cloud computing.
0804_satya_nadella_msft_ceo_lede

Framework .NET

Ordem correta para a instalação do .Net Framework

1º  .Net Framework 3.5
2º  .Net Framework 3.5 Service Pack1 (atualização do anterior)
3º  .Net Framework 4.0
4º  .Net Framework 4.5.2  (atualização do anterior)
5º  .Net Framework 4.6.1  (atualização do anterior)

 

Microsoft SQL Server 2016 x Microsoft Windows Server 2016 (Fevereiro/2016)

https://social.technet.microsoft.com/Forums/pt-BR/ea18013b-652b-48f9-a426-d7bbc345fdf2/microsoft-sql-server-2016-x-windows-server-2016?forum=admingeralpt

 

 

Windows Server – Processador 32 bits x 64 bits

Em Painel de Controle, visualização de ícones reduzidos, tem o item Sistema, lá dentro contém a informação se o teu Windows ele é versão de 32 bits ou 64 bits.

  • Drivers de 32 bits não dão suporte a aplicativos de 64 bits no Windows 32 bits.
  • Drivers de 64 bits dão suporte a aplicativos de 32 bits e 64 bits no Windows 64 bits

Windows Server – Processador 32 bits x 64 bits

Computação Forence (Livros)

A empresa Clavis Segurança das Informações recomenda a todos os profissionais da área, a leitura desses livros referentes ao trabalho de Computação Forence

http://www.blog.clavis.com.br/artigo-sobre-analise-forense-computacional-livros-recomendados-a-todos-profissionais-da-area/

 

 

As 12 principais ameaças traiçoeiras do Cloud Computing em 2016 (HP)

‘The Treacherous Twelve’ Cloud Computing Top Threats in 2016 (HP)

1. Data Breaches
2. Weak Identity, Credential and Access Management
3. Insecure APIs
4. System and Application Vulnerabilities
5. Account Hijacking
6. Malicious Insiders
7. Advanced Persistent Threats (APTs)
8. Data Loss
9. Insufficient Due Diligence
10. Abuse and Nefarious Use of Cloud Services
11. Denial of Service
12. Shared Technology Issues

https://cloudsecurityalliance.org/download/the-treacherous-twelve-cloud-computing-top-threats-in-2016/

 

Diferença entre Pentest e Scan

O Scan automatizado de segurança, os softwares antivírus (Symantec Norton Antivírus, Intel Security, Kaspersky, Trend Micro, Eset, AVG, Avast, etc) eles já fazem esse trabalho de proteção e segurança ha dezenas de anos, e a primeira vez que eu utilizei eles foi na década de 80.

Todos os anos a versão velha do software antivírus que foi utilizado no ano anterior tem que ser desinstalado, o computador tem que ser reiniciado, tem que se fazer o download da versão recente do software antivírus do ano atual e instalar no computador.

Caso a pessoa realize compras via internet não é aconselhável utilizar a versão grátis dos softwares antivírus, o aconselhável é optar pela versão paga, com assinatura anual, para obter uma proteção de maior grau, quando está navegando na internet.

Atualmente alguns softwares antivírus detectam de forma automática, quais são os objetos (IoT) que estão utilizando a rede de dados ou rede wireless, enquanto a pessoa está navegando na internet.

http://imasters.com.br/infra/seguranca/melhoresde2014-diferenca-entre-pentest-e-scan-automatizado-de-seguranca/?utm_content=buffer0a181&utm_medium=social&utm_source=plus.google.com&utm_campaign=buffer

Identificar as brechas de um servidor, que representam a exposição das portas de entrada para pessoas mal intencionadas, é fundamental para garantir a segurança da informação. Por isso é necessário utilizar o que há de mais moderno no mercado e realizar a auditoria dos servidores. Essa atitude será crucial para o controle e redução dos riscos.

Scan ou Pentest?

O sistema utilizado para realizar essa auditoria de vulnerabilidade é o Pentest. Ele é uma maneira de estudar as diferentes formas de invasões que podem ocorrer. Mas e o Scan de vulnerabilidade, que realiza uma análise do sistema para identificar possíveis falhas? Eles não tem a mesma função?

Essa dúvida é corriqueira e alguns profissionais ainda não entendem essa diferença, afinal, aparentemente eles fazem a mesma coisa. Entretanto cada um cumpre um papel diferente na auditoria de segurança.

Para dar continuidade ao artigo, vamos fazer uma rápida explicação do que se trata cada um deles.  Essas informações serão úteis para relembrar suas aplicabilidades e ajudar os que ainda não a conhecem a entender a diferença entre eles. Ao final do artigo serão apresentadas as diferenças.

Pentest

Pentest é a abreviação da expressão Penetration Test, ou Teste de Penetração. Esta nomenclatura é utilizada para se referir ao ato de realizar os testes de vulnerabilidade em redes, sistemas ou em aplicações da WEB.  Ele é utilizado para encontrar aberturas que possibilitam o acesso as informações das empresas por terceiros, geralmente mal intencionados. Para isso, o Pentest simula ataques reais. Quem realiza esta simulação, a pedido das empresas, são profissionais especializados neste tipo de procedimento de segurança.  Existem algumas modalidades diferentes de realizar o Pentest. Cabe ao administrador da rede definir qual irá gerar melhores resultados.

Os tipos de Pentest:

  •  Tendem

Existe um roteiro a ser seguido e que foi definido em conjunto entre quem realizará os testes e a empresa que se submeterá a ele. O responsável por realizar o ataque possuí todas as informações necessárias para a atividade. Todos os que estão envolvidos no processo sabem exatamente o que será testado. As pessoas envolvidas no processo são os gestores e profissionais que trabalham na linha de frente do TI das empresas.

  • Reversal

O invasor terá acesso a todas as informações da estrutura do site. Isso permitirá que ele realize os ataques, que serão os mesmos executados por pessoas mal intencionadas. Quando se opta por essa modalidade, a “vítima” no caso, os funcionários da empresa que contratou o produto, não saberão que estão sendo atacados e quais testes serão realizados. Apenas a pessoa que contratou o serviço saberá que serão realizados os testes.

  • Blind

A empresa sabe o que será invadida e como isso será feito, já o invasor não terá conhecimento prévio da estrutura que empresa detém e irá explorar as vulnerabilidades encontradas.

  • Double Blind

O responsável por realizar o ataque não terá acesso a nenhuma das informações referente a empresa que será invadida. A empresa, assim como o atacante, não sabe quais medidas serão adotadas pelo invasor.

  • Gray Box

O invasor sabe algumas informações e o que será auditado, mas são apenas informações parciais. Já empresa sabe que será atacada e os teste que serão feitos.

  • Double Gray Box

O Invasor continua tendo conhecimento parcial. Só que nesta modalidade, embora o empresário saiba que será atacado, ele não saberá quais testes podem ser feitos.

Scan automatizado de segurança

É um software utilizado para verificar as vulnerabilidades do servidor, procurando por pontos que podem ser utilizados como porta de entrada para invasões.

Existem dois tipos de scanners, cada um com as suas características e que atendem a determinadas situações, são eles:

  • Scanners Ativos

São usados para identificar pontos suspeitos que oferecem riscos. O Scanner ativo também é utilizado para analisar portas que foram invadidas por pessoas mal intencionadas e descobrir a vulnerabilidade que foi explorada para isso. Ele pode agir para autobloquear endereços que ofereçam riscos, ou seja, que tenham IP malicioso. O scan ativo aponta direto a uma vulnerabilidade e faz a varredura nela.

  • Scanners passivos

Eles podem ser programados para funcionarem de forma direta, sem interrupções ou para fazer a análise em determinados períodos de tempo, de acordo com a necessidade da empresa. Os passivos monitoram os aplicativos ativos, o sistema operacional e as portas abertas na rede. De uma maneira simples, ele espera as informações passarem por ele para encontrar as vulnerabilidades.

Mas qual a diferença entre Pentest e Scan?

O Scan de Vulnerabilidade atua como uma espécie de radar de superfície. Ele buscará e identificará quais as brechas existentes no servidor, aplicações e outros pontos vulneráveis que representam riscos. Trata-se de um varredura externa, mais generalizada. A empresa pode utilizar dessas informações para tomar ações e minimizar os riscos de ser invadida.

Já o Pentest é um processo mais focado, que inclusive pode utilizar o Scan de Vulnerabilidade para realizar as suas atividades. Depois de definir o tipo de Pentest que será aplicado é necessário seguir um roteiro:

Mapeamento das informações: Nesse processo é realizado o levantamento de todas as informações necessárias para quem irá efetuar a invasão. São levados em conta todos os dados possíveis, tais como nome de funcionários, quem são os concorrentes, qual a atividade da empresa, redes sociais. É importante saber a qual grupo a empresa pertence e quais as outras empresas do grupo, além de todas as informações que o invasor julgue necessárias.

Scan de vulnerabilidade: Neste processo é utilizado o Scan Automatizado de Segurança, que fará aquela análise citada anteriormente e apontará quais os pontos a serem explorados. Não é obrigatório realizar o Scan, mas essa parte do processo é importante, pois muitos responsáveis pelas estruturas das empresas, acabam indicando um determinado ponto a ser explorado pelo Pentest. Não utilizar o Scan pode fazer com que algumas brechas deixem de ser identificadas como potenciais riscos.

Invasão: Realizados todos os procedimento de mapeamento e o Scan de todas as vulnerabilidades, chega a hora de aprofundar a análise e entender as diferentes formas para evitar ataques e como pessoas mal intencionadas podem utilizar destas falhas para invadir o servidor ou aplicação.

Portanto…

…podemos afirmar que o Scan de Vulnerabilidade faz uma análise inicial e é parte integrante do procedimento de Pentest. Ele faz um varredura inicial dos “buracos” que podem oferecer riscos de invasão e o Pentest atua para entender como alguém pode agir para entrar por esses “buracos”.

 

Why You Must STOP Reporting Data in Excel!

Bernard Marr (@BernardMarr)

Why You Must STOP Reporting Data in Excel!  (via Linkedin em 17/07/2016)

https://www.linkedin.com/pulse/why-you-must-stop-reporting-data-excel-bernard-marr?trk=hp-feed-article-title-publish

 

Construindo sua infraestrutura Big Data: 4 componentes chave que todo Business devem considerar

Bernard  Marr (@BernardMarr)

Building Your Big Data Infrastructure: 4 Key Components Every Business Needs To Consider (via Forbes em 15/06/2016)

http://www.forbes.com/sites/bernardmarr/2016/06/15/building-your-big-data-infrastructure-4-key-components-every-business-needs-to-consider/#eced7936a0b0

The scariest threat to the quality of IoT data and analytics

 

 

The scariest threat to the quality of IoT data and analytics

http://www.techrepublic.com/article/the-scariest-threat-to-the-quality-of-iot-data-and-analytics/

 

 

New Trends in Hi Tech by Ahmed Banafa

Ahmed Banafa

IoT Expert | Faculty | Author | Keynote Speaker

New Trends in Hi Tech by Ahmed Banafa

A blog about Internet of Things, Big Data, Mobility and Cloud Computing technologies

 

http://ahmedbanafa.blogspot.com.br/

Comunicação na Internet (e-Business)

PESSOAS e EMPRESAS (em geral)

LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014.  Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil.  http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l12965.htm

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2016/Decreto/D8771.htm (dispõe sobre pacote de dados na internet e degradação de tráfego)

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13188.htm (dispõe sobre direito de resposta a ofensas)

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13168.htm#art1 (dispõe sobre página específica na internet no sítio eletrônico oficial da instituição de ensino superior)

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L10167.htm#art1 (dispõe sobre as restrições ao uso e à propaganda de produtos)

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2013/decreto/d7962.htm (dispõe sobre o comércio eletrônico)

 

JORNALISTAS

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/Del0972.htm

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/Del0972.htm

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/Antigos/D83284.htm

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L5250.htm

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/1980-1988/L7084.htm

 

 

PUBLICITÁRIO | AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA | MARKETING 

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L4680.htm

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L10167.htm#art1 (dispõe sobre as restrições ao uso e à propaganda de produtos)

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2013/decreto/d7962.htm (dispõe sobre o comércio eletrônico)

 

RADIALISTA | LOCUTOR | APRESENTADOR

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/antigos/D84134.htm

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2011/Lei/L12485.htm

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L6615.htm

 

 

ATOR | ARTISTA | INTÉRPRETE

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L6533.htm

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1970-1979/D82385.htm

 

 

Relatórios de Segurança da Internet 2016

http://www.cibersecurity.com.br/relatorio-cisco-de-seguranca-2016/

  • Transformação digital e combate ao cibercrime (via IBM BRASIL – ITFórum365) – 2016

http://itforum365.com.br/noticias/detalhe/119995/transformacao-digital-e-combate-ao-cibercrime?utm_campaign=website&utm_source=sendgrid.com&utm_medium=email

 

 

 

https://www.symantec.com/pt/br/security_response/publications/threatreport.jsp

 

  • Ransomware deve ser tratado como risco de negócio (via CIO em 13/07/2016)

  • Por isso, é importante criar um plano de resposta específico para ransomwares, antes que um ataque ocorra

http://cio.com.br/gestao/2016/07/13/ransomware-deve-ser-tratado-como-risco-de-negocio/

 

 

 

 

 

 

 

 

https://tecnoblog.net/127786/infraestrutura-internet-maior-ataque-ddos-historia/

Internet Sob Ataque (Notícias 2016)

 

  • Por que ataques de ransomware são tão eficientes – Usado por cibercriminosos para extorquir dinheiro de usuários, golpe está em franca expansão. Veja como proteger você e a sua empresa (via CIO – 29/07/2016)

http://cio.com.br/tecnologia/2016/07/29/por-que-ataques-de-ransomware-sao-tao-eficientes/

 

  • Ransomware já é o tipo de malware mais rentável da história – E será uma ameaça ainda mais destrutiva no futuro, alerta a Cisco. Veja como se preparar para enfrentá-la (via CIO/EU 28/07/2016)

http://cio.com.br/gestao/2016/07/28/ransomware-ja-e-o-tipo-de-malware-mais-rentavel-da-historia/

 

  • Ransomware deve ser tratado como risco de negócio (via CIO em 13/07/2016)

  • Por isso, é importante criar um plano de resposta específico para ransomwares, antes que um ataque ocorra

http://cio.com.br/gestao/2016/07/13/ransomware-deve-ser-tratado-como-risco-de-negocio/

  • Google notifica 4 mil usuários sobre ataques cibernéticos todos os meses (via Olhar Digital UOL – 12/07/2016)

http://olhardigital.uol.com.br/fique_seguro/noticia/google-notifica-4-mil-usuarios-sobre-ataques-ciberneticos-todos-os-meses/60196

 

  • Brasil é o país mais afetado no mundo pelo cibercrime como serviço (via Convergência Digital UOL – 15/06/2016)

http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=42644&sid=18

  • ENTENDA OS POLÊMICOS ATAQUES QUE ESTAMOS SOFRENDO NA INTERNET BRASILEIRA – Abril/2016

 

  • Anarnet: Brasil ganha órgão responsável pela autorregulação da internet (via TechMundo – Abril/2013)

http://www.tecmundo.com.br/internet/38180-anarnet-brasil-ganha-orgao-responsavel-pela-autorregulacao-da-internet.htm

 

  • “A Internet está sob ataque” (via Serpro – 2016)

http://www.serpro.gov.br/noticias/a-internet-esta-sob-ataque

 

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2016/lei/l13243.htm

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.973.htm

  • Governo quer mudar regras de comitê gestor da internet (via Folha de São Paulo – 14/07/2016)

  • nessa relação deles está faltando a OAB + CREA + CRA para representar todos os profissionais de administração, legislativo e tecnologia e engenharia de computação

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/07/1792333-governo-quer-mudar-regras-de-comite-gestor-da-internet.shtml

 

  • A internet está sob ataque (via Carta Capital, referente  ao evento VI  Fórum de Internet 2016 do NIC.BR | CGI.BR – Julho/2016)

http://www.cartacapital.com.br/blogs/intervozes/a-internet-esta-sob-ataque

  • Entidades lançam campanha Internet sob ataque no Brasil (via Convergência Digital – UOL, referente ao evento VI Fórum de Internet 2016 do NIC.BR | CGI.BR – Julho/2016)

http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=42943&sid=4

  • Declaração da Coalizão Direitos na Rede, lançada durante o VI Fórum da Internet Brasil, em Porto Alegre (via Intervozes, referente ao evento VI Fórum de Internet 2016 do NIC.BR | CGI.BR – Julho/2016)

http://intervozes.org.br/declaracao-de-lancamento-da-coalizao-direitos-na-rede/

 

  • Organizações lançam Coalizão em defesa de direitos na Internet e criticam retrocessos na agenda de inclusão digital (via FNE Federação Nacional dos Engenheiros| 14/Julho/2016

http://www.fne.org.br/index.php/todas-as-noticias/3566-organizacoes-lancam-coalizao-em-defesa-de-direitos-na-internet-e-criticam-retrocessos-na-agenda-de-inclusao-digital

 

  • Em carta, ‘Coalizão Direitos na Rede’ pede respeito à democracia digital (via RBA Rede Brasil Atual – 14/07/2016)

  • Documento lançado ontem (13) em Porto Alegre alerta para a importância da proteção de dados pessoais diante dos ataques à privacidade, liberdade de expressão e violações do Marco Civil da Internet (via RBA Rede Brasil Atual – 14/07/2016)

 http://www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2016/07/em-carta-coalizao-direitos-na-rede-pede-respeito-a-democracia-digital-8901.html

 

  • PROTESTE apoia Coalização Direitos na Rede – 12 /Julho/2016

  • Objetivo é a defesa de princípios fundamentais para a garantia de internet com acesso universal, respeito à neutralidade da rede e liberdade de expressão.

http://www.proteste.org.br/institucional/imprensa/press-release/2016/proteste-apoia-coalizacao-direitos-na-rede

 

  • Coalizão vai defender os direitos dos usuários na internet (via NIC.BR – 12/07/2016)

http://www.nic.br/noticia/na-midia/coalizao-vai-defender-os-direitos-dos-usuarios-na-internet/

 

  • “A internet brasileira está sob ataque”, diz Ronaldo Lemos, um dos criadores do Marco Civil brasileiro – Maio/2016

  • Defensor ferrenho da internet livre, jurista expõe os principais desafios que o Brasil precisa enfrentar para resolver os problemas jurídicos, sociais e de infraestrutura relacionados à rede

http://zh.clicrbs.com.br/rs/vida-e-estilo/noticia/2016/05/a-internet-brasileira-esta-sob-ataque-dizronaldo-lemos-um-dos-criadores-do-marco-civil-brasileiro-5795277.html 

 

https://juntos.org.br/2016/04/liberdade-na-internet-sob-ataque-na-camara-federal/

 

  • Marco Civil sob ataque – FALSA INCLUSÃO DIGITAL (Revista IDEC – Junho/2015)

http://www.idec.org.br/em-acao/revista/incluso-digital/materia/marco-civil-sob-ataque/pagina/1046

 

https://tecnoblog.net/127786/infraestrutura-internet-maior-ataque-ddos-historia/

 

 

V Fórum da Internet do Brasil 2015

LEI Nº 13.243, DE 11 DE JANEIRO DE 2016. Dispõe sobre estímulos ao desenvolv,científico, à pesquisa, à capacitação científica e tecnológica e à inovação

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2016/lei/l13243.htm

 

LEI No 10.973, DE 2 DE DEZEMBRO DE 2004. Dispõe sobre incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo e dá outras providências.

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.973.htm

 

LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014.  Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil.  http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l12965.htm

 

  • [V Fórum da Internet no Brasil] Mesa de abertura
  • [V Fórum da Internet no Brasil] Painel “Espectro e novas tecnologias digitais – Desafios…

  • [V Fórum da Internet no Brasil] Marco Civil da Internet e regulamentação da Neutralidade de… (2/2)

 

 

  • [V Fórum da Internet no Brasil] Evolução da Governança da Internet: Empoderando o desenvolvimento…

 

 

  • [V Fórum da Internet no Brasil] Painel “Infraestrutura para o desenvolvimento sustentável da …

 

  • [V Fórum da Internet no Brasil] Trilha 1: Desafios da Inclusão Digital (2/2)

 

  • [V Fórum da Internet no Brasil] Trilha 2: Economia da Internet (1/2)

VI Fórum da Internet do Brasil 2016

LEI Nº 13.243, DE 11 DE JANEIRO DE 2016. Dispõe sobre estímulos ao desenvolvimento científico, à pesquisa, à capacitação científica e tecnológica e à inovação

LEI No 10.973, DE 2 DE DEZEMBRO DE 2004. Dispõe sobre incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo e dá outras providências.

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.973.htm

 

LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014.  Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil.  http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l12965.htm

 

  • VI Fórum da Internet – Abertura, Trilha 1 e Debate “Mulheres na Computação” – 11/07/2016

 

  • VI Fórum da Internet – Trilha 2: Segurança e direitos na Internet – 11/07/2016

  • VI Fórum da Internet – Trilha 3: Conteúdos e bens culturais – 11/07/2016

 https://www.youtube.com/watch?v=SfipwNjXDXU

  • VI Fórum da Internet – Trilha 4: Inovação e capacitação tecnológica – 11/07/2016

 https://www.youtube.com/watch?v=oFxg78Q3KpA

 

  • VI Fórum da Internet – 12/07/2016

 https://www.youtube.com/watch?v=ZGz7Ak-JHyQ

 

  • VI Fórum da Internet – 13/07/2016

2006/2004/lei/l10.973.htm

  • Governo quer mudar regras de comitê gestor da internet (via Folha de São Paulo – 14/07/2016)

  • nessa relação deles está faltando a OAB + CREA + CRA para representar todos os profissionais de administração, legislativo e tecnologia e engenharia de computação

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/07/1792333-governo-quer-mudar-regras-de-comite-gestor-da-internet.shtml

 

 

Learn AWS Security Fundamentals with Free and Online Training

AWS AMAZON WEB SERVICES

 

AMAZON WEB SERVICES (AWS)

Learn AWS Security Fundamentals with Free and Online Training

https://aws.amazon.com/pt/about-aws/whats-new/2016/06/learn-aws-security-fundamentals-with-free-and-online-training/

Guia Prático #86: Windows 10, um ano depois

Guia Prático #86: Windows 10, um ano depois (por Rodrigo Ghedin em 03/07/2016)

No programa de hoje, eu (Rodrigo Ghedin), Emily Canto Nunes e Leandro Souza, do Canaltech, falamos sobre Windows 10. A última versão do sistema operacional da Microsoft veio cheia de promessas e com a missão de reverter a má fama que a anterior, o Windows 8, conquistou na tentativa de abraçar o mercado de tablets e notebooks 2-em-1. Prestes a completar um ano (dia 29 de julho!), o caminho, porém, não está sendo fácil.

http://www.manualdousuario.net/guia-pratico-86/

https://itunes.apple.com/br/podcast/guia-pratico/id626159386?mt=2

 

Comentários de Ana Mercedes Gauna, após ouvir este áudio do site ManualDoUsuario:

Antigamente eu usei o Microsoft Windows Server NT 4.0, depois o Microsoft Windows Server 2000, depois o Microsoft Windows Server 2003. Atualmente eu estou testando a versão em português do Microsoft Windows Server 2016 Technical Preview 5 Essentials versão desde Maio/2016 (em Abril/2016 na semana do Carnaval eu estava testando a versão em inglês do Microsoft Windows Server 2016 Technical Preview 4). Sabe qual é o problema? Esses usuários comuns que usam o Windows 10 Home, vários não sabem que existe também a versão servidor de rede do Windows, utilizada em computador servidor de rede local, e existe também a versão do Windows Server 2012 Datacenter. Em breve a Microsoft fornecer´a versão do Windows Server 2016 Datacenter. Eu estou usando a versão Windows Server 2016 (=Windows Server NT10) e notei que nele existe diversos aplicativos cujo modo de funcionamento é semelhante ao Windows 10 Home.

 

Eu sou Analista de Sistemas Senior, uso a internet ha 21 anos, antigamente eu era usuária de BBS (Centroin, Inside, Unikey, etc), Eu acho que eu já usei quase todas as versões do Windows, eu já usei o Linux (costumo formatar o Linux e instalar o Windows no lugar dele). Eu não gosto do MAC (quem gosta dele é minha filha, ela já usou um Apple IPOD 64gb quado criança pequena, um Apple iPhone4 (pai dela), atualmente usa o Apple iPhone5), eu sempre gostei mais é do Windows. Eu tenho um Apple iPad2 10″ (sistema operacional IOS versão 9) e eu estou gostando muito de usar esse tablet. Anos atrás eu usei o Google Android em tablet 7″.

Em celular eu prefiro usar o Google Android (já usei o Android nas marcas Samsung e Motorola). Essa versão do Windows 10 (que agora irá completar um ano de vida) eu usei as primeiras versões de teste dele, anos atrás. Discordo desses amantes de Apple MAC IOS, eu já usei ambos os sistemas operacionais, eu sempre gostei mesmo é do Windows.

Os fabricantes de hardware é quem tem que fazer os drivers para os equipamentos fabricados por ele poderem funcionar dentro do Microsoft Windows 10 Home ou Microsoft Windows 2016 Server. Normalmente alguns esses drivers (de fabricantes de notebooks e equipamentos) tem que ser traduzidos de um outro idioma (chinês, russo, francês, etc) para o idioma inglês ou português, para ele poder funcionar direito no sistema operacional Windows.

A Apple é um dos parceiros comerciais da Microsoft e é um parceiro comercial do Google, e isso já existe tem vários anos, se observarem bem, no Apple IOS tem suporte para o usuário fazer o download do GMAIL (Google), fazer o download do Outlook (Microsoft), fazer o download do pacote Microsoft Office (Microsoft Office, Microsoft Excel, etc).

E o Apple ITunes (isso já existe tem vários anos) ele também está disponível para o usuário comum do Windows 10 Home poder fazer o download direto no site da Apple. Eu uso ele instalado no meu Windows 10 para ouvir todos os meus CD-ROM de músicas (eu alimentei o meu computador com todos os CD-ROM de músicas que eu comprei nos últimos 20 anos. Eu achei o som das músicas dentro do Itunes no Windows, excelente.

Gostei do seu áudio, eu não conhecia este site, depois eu vou ouvir os outros em https://itunes.apple.com/br/po… Bom dia

Lei de Proteção de Dados Pessoais

Em área de Administração, os dados pessoais se referem a pessoa física (indivíduos) e a pessoa jurídica (empresas), são essas as informações que devem ser protegidas na internet, seja a informação existente em documentos pessoais ou empresariais, seja informações existentes dentro de banco de dados, ou informações que estão sendo divulgadas em sites da internet.

Dados pessoais de pessoa física: nome completo, número da carteira de identidade, nacionalidade, número do CPF, nome da profissão, número da carteira profissional, numeração do título de eleitor, endereço completo da residência da pessoa (rua, bairro, cidade, estado, CEP), números de telefone fixo, números de telefone celular, documentos relativos a propriedade de bens, informações de contas bancárias, etc.

Dados pessoais de pessoa jurídica (matriz e filiais da empresa): nome completo da empresa, nacionalidade, endereço completo da empresa, número do CNPJ, número da inscrição municipal, número da inscrição estadual, documento de contrato social, documento de estatuto social da empresa, documento de ata de reuniões de assembleias ordinárias, atas de reunião de assembleias extraordinárias, ata de eleição de membros da diretoria da empresa, documento de autorização do Corpo de Bombeiros, carteira de identidade de todos os sócios da empresa, cartão do número de CPF de todos os sócios da empresa, documentos relativos a propriedade de bens, informações de contas bancárias, etc.

Observações:

Essas informações tem que ser protegidas, somente a própria empresa ou a própria pessoa, é quem deve analisar o que ele quer que seja divulgado na internet, e o que ele não quer que seja divulgado online na internet. Se essa informação existir gravada e armazenada dentro de um computador servidor de banco de dados de uma empresa, ou essa informação existir dentro de um computador de provedor de internet utilizando um site com sistema web ou aplicativos web, e se terceiros (pessoas ou empresas não autorizadas) invadirem um sistema de computação sem a autorização do responsável legal pela empresa, ou sem a autorização jurídica, invadir uma rede privada de dados, é um crime cibernético. Roubar informações armazenadas dentro de um banco de dados, isso é um crime cibernético. Quaisquer violações de segurança de rede de computação, é um crime cibernético.  Legislação em vigor precisa ser adaptada a realidade.

Essa legislação nova, precisa levar em consideração as normas ABNT ISO 27000 e complementos relativos as normas internacionais de segurança das informações.

Por Ana Mercedes Gauna (25/06/2016)

Analista de Sistemas Senior | MCSE | MCDBA | CCNA2 R&S | Técnica de Administração

MCSE Formação Administração de Microsoft Windows Server + TCP/IP (2000)

Atualmente eu estou testando o Microsoft Windows Server 2016 Technical Preview 5

MCDBA Formação Administração de Database Microsoft SQL Server (2000)

Atualmente em 2016 estou realizando testes com o Microsoft SQL Server 2016 Candidate

CRA-RJ: 03-03161 | Formada em Tecnologia em Processamento de Dados (FACHA/2003)

Webmaster cadastrada no Registro.BR (1998) ABRAWEB: 66132 | ABRACEM: Q27795

27 anos de experiência profissional (CLT)

https://br.linkedin.com/in/amgauna   |    http://lattes.cnpq.br/6513217293754942

***********************************************************************

ABNT – Coletânea Eletrônica de Normas Técnicas – Segurança das Informações =   http://www.abntcatalogo.com.br/pub.aspx?ID=407

*************************************************************************

Lei do Marco  Civil  da  Internet  (Estabelece  princípios,  garantias,  direitos  e  deveres  para  o uso da Internet no Brasil) = Lei 12.965 de 23/04/2014  http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l12965.htm

Decreto do Marco Civil da Internet = Regulamenta a Lei no 12.965, de 23 de abril de 2014, para tratar das hipóteses admitidas de discriminação de pacotes de dados na internet e de degradação de tráfego, indicar procedimentos para guarda e proteção de dados por provedores de conexão e de aplicações, apontar medidas de transparência na requisição de dados cadastrais pela administração pública e estabelecer parâmetros para fiscalização e apuração de infrações. =Decreto nº 8.771 de 11/05/2016 =

 http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2016/Decreto/D8771.htm

**************************************************************

Certificado Digital será obrigatório para empresas com mais de 5 funcionários

http://www.newssystems.eti.br/blog/2016/06/certificado-digital-sera-obrigatorio-para-empresas-com-mais-de-5-funcionarios/

**************************************************************

Invadirem Lei de dados pessoais vai exigir mudanças na TI e na segurança dos bancos (Relativo ao evento CIAB FEBRABAN 2016)

http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=42738&sid=135

 

Fisco terá acesso a dados em mais de 90 países (Valor Econômico)

http://www.seteco.com.br/fisco-tera-acesso-a-dados-em-mais-de-90-paises-valor-economico/

***********************************************************************

A proteção de dados pessoais em debate no Brasil

http://www.ambito-juridico.com.br/site/index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=9455

 

MJ apresenta nova versão do anteprojeto de lei de proteção de dados pessoais

http://www.migalhas.com.br/Quentes/17,MI228770,81042-MJ+apresenta+nova+versao+do+anteprojeto+de+lei+de+protecao+de+dados

 

Anteprojeto de Lei para a Proteção de Dados Pessoais (Estudo texto em Debate)

http://pensando.mj.gov.br/dadospessoais/texto-em-debate/anteprojeto-de-lei-para-a-protecao-de-dados-pessoais/

 

Por que debater a Lei de Proteção de Dados Pessoais?

http://link.estadao.com.br/noticias/geral,por-que-debater-a-lei-de-protecao-de-dados-pessoais,10000029762  (28/01/2015)

 

Por que precisamos já de uma lei de proteção de dados pessoais

Comentários a Lei Rouanet

lei-rouanet

Nas últimas semanas eu li diversos artigos online na internet, relativos a essa Lei Rouanet, relativos a alguns problemas que foram detectados…

LEI ROUANET = LEI Nº 8.313 DE 23/12/1991 = RESTABELECE PRINCÍPIOS DA LEI 7.505, DE 02 DE JULHO DE 1986, INSTITUI O PROGRAMA NACIONAL DE APOIO A CULTURA – PRONAC E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.  http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8313cons.htm

LEI COMPLEMENTAR Nº 75/1993 DE 20/05/1993 = Disõe sobre a organização, as atribuições e o estatuto do Ministério Público da União =   http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/lcp/lcp75.htm

Observações:

A Lei Rouanet (Lei nº 8.313 de 23/12/1991) no artigo quinto diz o seguinte “Art. 5° O FNC é um fundo de natureza contábil, com prazo indeterminado de duração, que funcionará sob as formas de apoio a fundo perdido ou de empréstimos reembolsáveis, conforme estabelecer o regulamento, ” (…)

A Lei Complementar nº 75 de 20/05/1993 no artigo quinto que diz o seguinte “Art. 5º são institucionais do Ministério público da União:” e que diz no item “II – zelar pela observância dos princípios constitucionais relativos:” e que diz no item “a)  ao sistema tributário, às limitações do poder de tributar, à repartição do poder impositivo e das receitas tributárias e aos direitos do contribuinte;” e que diz no item ” b) às finanças públicas.” (…)

Comentários

Nas últimas semanas, eu li diversos textos confusos quanto a essa Lei Rouanet, e a principal dúvida que eu notei ser geral, era quanto a tributação, quanto a prestação de contas desses valores.   E a  minha conclusão quanto a este problema tem esta solução, na minha opinião:

A Lei Rouanet no artigo 5º diz que ela é um fundo de natureza contábil, isso quer dizer que quando o evento que foi realizado utilizando esse dinheiro, ele foi 100% concluído, a pessoa física (indivíduo) ou a pessoa jurídica (empresa) que pegou esse dinheiro, ele terá que prestar contas desse dinheiro junto ao Ministério Público (obedecendo a Lei nº 75 de 20/05/1993 no artigo 5º item II e itens a) e b) , isso quer dizer que as notas fiscais de pagamentos feitos, comprovantes dos gastos que foram efetivamente realizados, esses documentos terão que ser contabilizados junto ao Ministério Público de sua Cidade, e o dinheiro que sobrou e não foi utilizado no evento, esse dinheiro terá que ser integralmente devolvido aos Cofres do Governo Federal, via Ministério Público, para se poder  obedecer ambas as leis que estão em vigor, quanto a tributação contábil desse dinheiro.

 

LEI ROUANET COMO ELA FUNCIONA (Fundação Cultural de Curitiba)

 

Artistas pró-impeachment se lambuzam com lei Rouanet e iFHC captou 14 mi

 

 

Cultura não sabe o destino de R$ 3,8 bi da Lei Rouanet

 

Entenda, em 10 pontos, como funciona a Lei Rouanet

 

Explicamos o funcionamento da Lei Rouanet e do Ministério da Cultura

 

Por Ana Mercedes Gauna (22/06/2016)

 

 

 

OI S/A x VIVO S/A x TIM S/A x CLARO S/A

Ontem de noite (20/06/2016) eu li que a OI S/A disse que a empresa está com muitas dívidas, e que entraram com um pedido de recuperação judicial.  Muito estranho isso.  Eles estarem com dívidas.  Quem tem e usa telefone fixo paga as contas telefônicas mensais, idem quem usa telefone celular em conta paga as contas mensais, idem quem usa a internet via VELOX (OI S/A) paga as contas mensais,  milhares de pessoas no Brasil inteiro fazem isso.

Eu conheço pessoas (que são idosos na faixa de 60 anos, 70 anos, 80 anos),  tem ações da  empresa de telefonia a TELERJ S/A (que compraram a linha telefônica ha uns 30 anos ou 40 anos atrás, ou 50 anos atrás, que compraram ações do plano de expansão da TELERJ, e que alguns anos mais tarde ganharam diversas ações ordinárias e ações preferenciais das empresas de telefonia como a TELEMAR S/A, a OI S/A , a VIVO S/A, a TIM S/A, a CLARO S/A, etc, essas empresas de telefonia estão devendo entregar um relatório atualizado da quantidade de ações preferenciais e da quantidade de ações ordinárias, a todos os acionistas da empresa, e a Comissão de Valores Mobiliários idem, eu conheço diversas pessoas que tem ações dessas companhias telefônicas, que não recebem um relatório atualizado da quantidade de ações na Bovespa desde 2007, via correios.

O que eu sei, é que os acionistas (idosos) compraram essas ações das empresas de telefonia fixa, e empresas de telefonia celular, ha vários anos atrás, sabem que milhares de pessoas utilizam o telefone fixo e telefone celular, no Brasil inteiro, pagam mensalmente esses gastos feitos nas contas telefônicas mensalmente ha vários anos, e desde 2007 não estão recebendo em suas residências via Correios um relatório atualizado da quantidade de ações ordinárias e quantidade de ações preferenciais, que são proprietários e acionistas.

Que eu saiba a empresa que tem a obrigação de fiscalizar essas ações ordinárias e ações preferenciais das empresas de telefonia fixa e telefonia celular, na Bovespa, é a CVM (Comissão de Valores Mobiliarios).

Desde 2007 todas essas empresas de telefonia, a Comissão de Valores Mobiliarios, e a Bovespa, ambos estão devendo entregar via correios desde 2007 um relatório atualizado informando qual é a quantidade de ações preferenciais e da quantidade de ações ordinárias, que esses acionistas idosos (de 60 anos, 70 anos, 80 anos de idade) são proprietários e acionistas.

Oi entra com pedido de recuperação judicial  (G1 – Jornal O Globo / TV Globo)

 

Ações da Oi despencam após anúncio de pedido de recuperação (G1 – Jornal O Globo / TV Globo)

 

Após pedido da Oi, Anatel diz que vai proteger consumidores (G1 – Jornal O Globo / TV Globo)

 

Quanto a essa noticia da OI S/A (20/06/2016), eu me lembro que diversos idosos compraram ações ordinárias e ações preferenciais da TELERJ e TELEMAR, e esses idosos não venderam nenhuma das ações de que são proprietários e acionistas, e como esses idosos não foram receber o lucro anual da empresa, esses idosos ganharam ações ordinárias e ações preferenciais das empresas dos grupos OI S/A, VIVO S/A, TIM S/A e CLARO S/A em 2006/2007. E desde o Governo LULA + Governo DILMA, essas empresas de telefonia não tem entregue na residência via Correios o relatório anual atualizado com a informação correta de quantidade de ações ordinárias e ações preferenciais, dos quais eles são acionistas e proprietários. Conheço diversas pessoas (idosos) que compraram ações TELERJ e TELEMAR que estão sem esse relatório atualizado.

 

O papel da Comissão de Valores Mobiliários (Primeiros Passos para investir) = http://www.investidor.gov.br/menu/primeiros_passos/papel_CVM.html

 

O que é a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) = http://www.investidor.gov.br/menu/Menu_Investidor/a_cvm/ACVM.html

Comissão de Valores Mobiliarios (CVM) = http://www.portalbrasil.net/cvm.htm

 

Por Ana Mercedes Gauna

 

UniverCidade x Gama Filho (RJ)

PASSEATA DE ALUNOS DAS UNIVERSIDADES GAMA FILHO E UNIVERCIDADE C
Rio de Janeiro – Alunos da Universidade Gama Filho e da UniverCidade marcham em protesto na Avenida Presidente Vargas, no centro, contra a decisão do Ministério da Educação de descredenciar as instituições de ensino controladas pelo Grupo Galileo, que enfrentam problemas desde 2012. Os estudantes defendem uma intervenção federal nas universidades ao invés da transferência para outras instituições de educação superior do Rio de Janeiro.

Esse pessoal que ama e adora o Governo PT (Governo Lula + Governo Dilma) mandou  em 2013/2014 fechar duas ótimas Universidades estabelecidas no Rio de Janeiro, a Universidade Gama Filho e a UniverCidade (Centro Universitário da Cidade do Rio de Janeiro) e ao fazer isso, mandar fechar as duas Universidades, o que eles fizeram foi prejudicar os estudos de diversos alunos universitários, de ambas as Universidades.

Na minha sincera opinião, todas as pessoas que assinaram a concordância em fechar e prejudicar o funcionamento de duas Universidades ótimas do Rio de Janeiro, são duas das melhores Universidades ha dezenas de anos, quem toma a iniciativa de prejudicar o ensino de jovens e adultos, deveria ir para a prisão, porque o que eles fizeram foi desobedecer diversas leis em vigor, e atrapalhar o estudo de diversos jovens, que é um direito adquirido a dezenas de anos.

Esse Ministro da Educação do Governo PT (Governo PT = Lula) + (Governo PT = Dilma) é um tremendo absurdo ter concordado com o fechamento de duas Universidades no Rio de Janeiro, e ter concordado em atrapalhar o funcionamento da UFRJ e UERJ durante vários anos, não fornecendo verbas suficientes para as Universidades poderem fazer a sua manutenção preventiva anual de seus imóveis, não fornecer verba suficiente para as Universidades poderem pagar o salário de seus professores, não fornecer verba suficiente para as Universidades poderem pagar o salário dos funcionários das empresas terceirizadas responsável pela limpeza e higienização dos imóveis das Universidades Federais e Universidades Estaduais.

O Estatuto da Crianças e do Adolescente (Lei 8069 de 12/07/1990) e o Estatuto dos Jovens (Lei  12852 de 05/08/2013) são duas leis que estão em vigor, e que tem o objetivo de garantir os direitos das crianças, adolescentes, e jovens adultos, e um desses direitos adquiridos, é o direito que todas as crianças (menores de 14 anos), todos os adolescentes (de 15 a 17 anos), e todos os jovens adultos (de 18 a 29 anos de idade), tem que ter todas as condições básicas e necessárias para viverem em sociedade, e eles tem o seu direito a educação garantido, para eles completarem os seus estudos (ensino básico + ensino médio + Universidade).

Na minha sincera opinião, quem deveria ser descredenciado da vida em sociedade são esses homens (ou mulheres) que gostam e adoram prejudicar o estudo dos jovens, e gostam de prejudicar o funcionamento de Escolas, Colégios e Universidades.

alunosgamafilhoprotesto-640

07mar2016---professores-e-funcionarios-da-uerj-universidade-do-estado-do-rio-de-janeiro-entram-em-greve-a-partir-desta-segunda-feira-7-e-fazem-manifestacao-no-campus-maracana-eles-reivindicam-1457388856838_956x500

MEC descredencia Universidade Gama Filho e Centro Universitário da Cidade             (MEC 2014)

MEC fecha Universidade Gama Filho e UniverCidade, no Rio (13/01/2014)

 

Entenda o caso das universidades Gama Filho e UniverCidade (16/01/2014)

MEC publica o descredenciamento da Gama Filho e UniverCidade (14/01/2014)

 

Transferência Assistida – Universidade Gama Filho e Univercidade (MEC 2014)

Ex-alunos da Gama Filho e UniverCidade têm dificuldade em obter diploma  (07/10/2014)

 

Alunos da UniverCidade e da UGF podem solicitar por e-mail documentação (23/01/2014)

Esse Governo PT prejudicou diversos alunos quando descredenciou o funcionamento de duas Universidades privadas de ensino excelente ha dezenas de anos, e prejudicou diversos alunos quando negou verba suficiente para a manutenção preventiva dos imóveis de propriedade da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e CAP-UFRJ (Colégio de Aplicação da UFRJ), e UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) e CAP-UERJ (Colégio de Aplicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro), durante vários anos.

Segue abaixo a consequência dessa incompetência do Governo PT (Governo Lula) + (Governo Dilma) que prejudicaram durante vários anos o funcionamento de diversas Universidades privadas e Universidades públicas federais e estaduais.

 

Justiça do Rio decreta falência do Grupo Galileo de ensino superior (EBC Agência Brasil 09/05/2016)

Justiça decreta falência do Grupo Galileo (Jornal O Globo 09/05/2016)

Grupo Galileo (Gama Filho e UniverCidade) vai à falência (Jornal O Globo 09/05/2016)

Justiça decreta falência do Grupo Galileo (Revista Exame 09/05/2016)

 

 

Por Ana Mercedes Gauna (19/06/2016)

 

 

20 livros de Administração para baixar grátis

20 livros de Administração para baixar grátis

Confira lista de ebooks com bons conteúdos que podem ser acessados gratuitamente

 

http://www.administradores.com.br/noticias/carreira/20-livros-de-administracao-para-baixar-gratis/109547/?utm_source=MailingList&utm_medium=email&utm_campaign=News+-+04%2F04%2F2016

Criação de Máquina Virtual

Criação de Máquina Virtual (Windows XP / Windows 7 / Windows 8)

Sobre discos rígidos virtuais (Library Microsoft TechNet)

Crie uma máquina virtual a partir do sistema operacional presente no computador (TechMundo)

VMware Workstation (Download BaixaAqui)

Microsoft Windows Virtual PC (Download)

Google Cloud Platform (Máquina Virtual do Google)

Google Cloud DNS Documentation (Google Cloud Platform)

Criando uma máquina virtual para instalar Windows 10 TP (Benito Piropo 25/11/2014 ITForum365)

Teste o Windows 10 sem afetar seu sistema: instale em um disco virtual (Benito Piropo 17/11/2014 TechTudo)

Criar uma máquina virtual e instalar um sistema operacional convidado (Library TechNet)